AS CRIANÇAS E A GRANDE TRIBULAÇÃO

De todos os mistérios envolvendo a Grande Tribulação, a situação das crianças em idade de inocência é o que mais apresenta profundidade Teológica.

Todos nós acreditamos em Deus e na Sua Bondade, Amor e Misericórdia associados à Sua Justiça Perfeita;

Desta forma a Bíblia afirma nas Palavras de Jesus que das crianças é o Reino dos Céus, isto é, onde Deus Habita;

O Arrebatamento dos “Escolhidos” ( quem estiver andando com Deus, como Enoque, isto é, Vigiando) acontecerá imediatamente antes da Grande Tribulação, isto é, a Grande Tribulação começará após o Arrebatamento;

Quanto às crianças em idade de inocência, a partir da gestação, no exato momento do Arrebatamento, segundo as Palavras de Jesus, serão Arrebatadas;

A pergunta mais intrigante teologicamente é a seguinte:

Qual é a situação das crianças em idade de inocência que viveram desde a Criação quanto a ressurreição dos mortos?

Este Mistério transcende a toda a nossa capacidade de discernir;

Eu ouso arriscar uma resposta:

As crianças em idade de inocência quando morrem vão diretamente para o Reino Celestial – Reino dos Céus – tomando por referência que das crianças é o Reino dos Céus, como afirma Jesus;

Mateus 19: 14 = Jesus, porém, disse: Deixai os meninos, e não os estorveis de vir a mim; porque dos tais é o reino dos céus.

Como elas recebem um Corpo Glorioso ou o que fazem, lá no Reino, futuramente saberemos;

Outra pergunta intrigante:

Qual é o limite entre a idade de inocência e não inocência?

Somente um Ser Onisciente, Onipresente e Onipotente para saber e executar tão profundo Mistério;

O Projeto de Deus para o Mundo e para a Humanidade é Perfeito e teve um início, está em desenvolvimento e terá uma conclusão;

O Mundo ficará sem as crianças em idade de inocência imediatamente com o Arrebatamento, pois a Grande Tribulação é um Período de Juízo de Deus e as crianças não são motivo de Juízo, conforme contextualização a seguir:

Mateus

18.1 Naquela hora, aproximaram-se de Jesus os discípulos, perguntando: Quem é, porventura, o maior no reino dos céus?

18.2 E Jesus, chamando uma criança, colocou-a no meio deles.

18.3 E disse: Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus.

18.4 Portanto, aquele que se humilhar como esta criança, esse é o maior no reino dos céus.

18.5 E quem receber uma criança, tal como esta, em meu nome, a mim me recebe.

18.6 Qualquer, porém, que fizer tropeçar a um destes pequeninos que crêem em mim, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma grande pedra de moinho, e fosse afogado na profundeza do mar.

18.7 Ai do mundo, por causa dos escândalos; porque é inevitável que venham escândalos, mas ai do homem pelo qual vem o escândalo!

18.8 Portanto, se a tua mão ou o teu pé te faz tropeçar, corta-o e lança-o fora de ti; melhor é entrares na vida manco ou aleijado do que, tendo duas mãos ou dois pés, seres lançado no fogo eterno.

18.9 Se um dos teus olhos te faz tropeçar, arranca-o e lança-o fora de ti; melhor é entrares na vida com um só dos teus olhos do que, tendo dois, seres lançado no inferno de fogo.

18.10 Vede, não desprezeis a qualquer destes pequeninos; porque eu vos afirmo que os seus anjos nos céus vêem incessantemente a face de meu Pai celeste.

“porque eu vos afirmo que os seus anjos nos céus vêem incessantemente a face de meu Pai celeste” =

Entenderam?

Quanto a minha interpretação do texto e contexto da afirmação de Jesus de que das crianças é o Reino dos Céus, não tenho dúvidas de que quando elas morrem em idade de inocência vão diretamente para uma posição transcendental no Céu, e num corpo de Anjo;

Em nenhuma referência sobre Julgamento Final e Ressurreição dos mortos as crianças são incluídas o que contextualiza a afirmação de Jesus de que já estão no Paraíso;

A minha interpretação sobre a afirmação de Jesus:

Mateus 18.10 = Vede, não desprezeis a qualquer destes pequeninos; porque eu vos
afirmo que os seus anjos nos céus vêem incessantemente a face de meu Pai celeste.

No meu entendimento quer dizer que os seus corpos transformam-se em Anjos, e pela sua pureza vêm a face de Deus incessantemente.

As CRIANÇAS quando morrem são ANJOS no Reino dos Céus; Foi isto que Jesus disse:

Elas recebem um Corpo de Anjo;

UMA GRÁVIDA NÃO ARREBATADA

 Não tenho dúvidas em afirmar que ficará com seu ventre vazio pelo arrebatamento do feto, pois, dos tais – inocentes – é o Reino dos Céus, como afirmou Jesus;

A IMPORTÂNCIA E A RESPONSABILIDADE DOS PAIS

Na inocência e no limite quando cessa a inocência a observância de Provérbios 22: 6, pelos Pais, faz a diferença;

Provérbios

22.6 Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele.

Não passarão para a Grande Tribulação, isto é, serão Arrebatadas as crianças que estiverem em idade do Conhecimento do Bem e do Mal, porém que estejam andando com Deus – Vigiando;

Para isso somente através da Igreja que possui um Sistema de Escola do Ensino da Palavra de Deus para dar-lhes sustentação no sentido de se desviarem do Mal;

Os Pais que se preocupam apenas com seus problemas de Auto-Ajuda como solução na ênfase de Cura, Libertação, Prosperidade e Pregação da Palavra de Deus, e esquecem-se de que seus filhos necessitam de sistemático ensinamento da Palavra de Deus, conforme manda Provérbios 22: 6, correm o risco de vê-los desencaminhados através dos Sistemas do Mundo;

Não precisa ser um bom observador para assistir que os Grandes Movimentos Evangélicos preocupam-se apenas com os adultos e a solução de seus problemas de Auto-Ajuda;

Não se nota nenhuma preocupação com o que preceitua a afirmação de Provérbios 22: 6;

22.6 Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele.
Cabe aos Pais ficarem atentos e procurarem não somente a Auto-Ajuda, mas também a Ajuda para os seus filhos no sentido de que não sejam deixados para trás quando do Arrebatamento da Igreja, pois na Grande Tribulação, dificilmente serão ajudados;

Uma Igreja Evangélica que não possui um Sistema de Ensino da Palavra de Deus em forma de Escola que alcance as crianças corre o risco dessa Igreja não ser Arrebatada, para poder fazer na Grande Tribulação o que não fez antes, pelas suas crianças que ficarem para trás, por terem perdido a inocência e não estarem andando com DEUS, por falta de Provérbios 22: 6.

O momento presente está evidenciando uma transferência de Crentes de Igrejas Tradicionais para Igrejas de Movimentos de Auto-Ajuda, fascinados pelos “milagres” através de “joio de objetos ungidos”. Ver “joio dos objetos ungidos”, no Artigo “Desobediência Sistemática”, no Site/Blog;

O mais estarrecedor é quando uma Família deixa uma Igreja Tradicional estruturada com o Ensino Sistemático de Escola Dominical para fazer parte de um desses Movimentos de Auto-Ajuda que não possui a mesma Estrutura de Ensino da Palavra de Deus em forma de Escola, deixando os seus filhos sem Provérbios 22: 6;

Sobre a Grande Tribulação, sugiro acessar o Link a seguir:

http://www.assuntospolemicosdabiblia.com/artigos/o-enigma-da-grande-tribulacao/

A RESPONSABILIDADE DA IGREJA

A Igreja como Corpo de Cristo tem uma responsabilidade que transcende a nossa capacidade de discernimento em relação às Crianças;

Um adulto que não conhece a Palavra de Deus e nunca teve uma experiência com o Poder de Deus torna-se difícil para ser alcançado pela Salvação, principalmente, quando está com a mente cauterizada por outros ensinamentos e práticas não Bíblicas;

Quando uma Criança cresce ensinada Sistematicamente pela Palavra de Deus através de uma Igreja com estrutura de Escola Dominical, principalmente, sua vida se reveste de experiências com manifestações do Poder de Deus num processo contínuo de Salvação e Santificação;

Uma Igreja como Corpo de Cristo que não se preocupa com Crianças é como um Jardim sem Flores e sem a visita do Beija-Flor;

Quando uma Igreja se reúne sem ter uma estrutura de acomodação para as Crianças que acompanham seus Pais ou Responsáveis, deixando-as mal acomodadas nos bancos está contribuindo para que elas psicologicamente tomem antipatia pela Igreja, com a continuidade dessa situação e no decorrer da perda da inocência; Só não vê quem não quer!

PARA REFLEXÃO

Satanás inspira através de alguém, influencia uma doutrina religiosa aparentemente bíblica, expande, torna dependência financeira nos líderes, cauteriza a mente, cega o entendimento sobre o absolutamente certo em substituição ao que está dando certo, mostra sinais sobrenaturais através de “objetos ungidos” , usa o nome de Deus em quase todas as suas estratégias, promove disputas pessoais e provoca até guerras. Ver o “Estrategista do Mal”, no Artigo “Ministérios Contaminados”, no Site/Blog.

Do exposto, reflita em Mateus 7: 21 a 23

Mateus 7: 21 a 23

21 = “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! Entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus”.

22 = “Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? E em teu nome não expulsamos demônios? E em teu nome não fizemos muitas maravilhas?”

23 = “E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade”.

Teologicamente, no meu entendimento, “iniqüidade” está relacionada com a ação do iníquo = Satanás = cujo pecado de sua “queda”, começou pela desobediência.

Salmos 42: 7 = “ Um abismo chama outro abismo” – só não vê quem não quer – um começa uma prática errada que “dá certo”, e, logo, é imitado por muitos – “papagaio de sistema”.

Desta forma, “O Estrategista do Mal” induziu Adão e Eva à desobediência, como também tem induzido muitos à desobediência à Palavra de Deus, colocando as conveniências pessoais que estão “dando certo”, em prejuízo do absolutamente certo, conforme 2ª Tessalonicenses 2: 7 a 12

Os “incautos” e “enganados” profetas não estão se dando conta da gravidade da situação; O entorpecimento é assustador!

Estão desdenhando a capacidade de enganar do “Estrategista do Mal” ( Apocalipse 12: 9 );

A atual “estratégia” de Satanás é levar o maior número de Crentes para a Grande Tribulação onde manter a Salvação será por sofrimento e martírio ( Apocalipse 20: 4 ).

CONCLUSÃO

É digno de admiração o esforço de algumas Igrejas em realizar de 3 a 5 Reuniões diárias em Culto a Deus, na forma de Auto-Ajuda na ênfase de problemas de Cura, Libertação, Prosperidade e Pregação da Palavra de Deus;

Entretanto, não tenho receio em afirmar que essas Igrejas correm o risco de não serem Arrebatadas por não estarem dando a devida atenção ao Ensino da Palavra de Deus quanto ao alerta de estarmos vivendo o período da “reta” final da Igreja como Corpo de Cristo (Arrebatamento), bem como, a devida atenção às Crianças;

Mateus

18.3 E disse: Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus.

18.4 Portanto, aquele que se humilhar como esta criança, esse é o maior no reino dos céus.

18.5 E quem receber uma criança, tal como esta, em meu nome, a mim me recebe.

18.6 Qualquer, porém, que fizer tropeçar a um destes pequeninos que crêem em mim, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma grande pedra de moinho, e fosse afogado na profundeza do mar.

18.7 Ai do mundo, por causa dos escândalos; porque é inevitável que venham escândalos, mas ai do homem pelo qual vem o escândalo!

Se Jesus dá ênfase às Crianças no sentido de que é o “Símbolo” para herdar o Reino dos Céus, e a Igreja não faz o mesmo, logo, está em desobediência ao Mestre e será passível de Juízo:

Marcos

10.14 Jesus, porém, vendo isto, indignou-se e disse-lhes: Deixai vir a mim os pequeninos, não os embaraceis, porque dos tais é o reino de Deus.

10.15 Em verdade vos digo: Quem não receber o reino de Deus como uma criança de maneira nenhuma entrará nele.

Não precisa ser um bom observador para ver que todos os Sistemas do Mundo caminham na contramão da Palavra de Deus e estão influenciando sistematicamente as Crianças que não possuem um Sistemático Ensino Cristão Evangélico como Regra de Fé e de Prática;

Eu não vejo as Crianças serem devidamente alcançadas para o Reino dos Céus nesses Grandes Movimentos em forma de Sistema Religioso Evangélico, mas vejo a preocupação de uma disputa pela Hegemonia de ser o maior através da construção do maior Templo, do maior número de Templos e de membros, do maior espaço na Televisão, acompanhados das maiores Heresias, tais como “Objetos Ungidos”, consagração da Mulher ao Ofício Sacerdotal, título eclesiástico pomposo…

Quanto as Heresias não deixe de acessar os Artigos “Ministérios Contaminados” e “Desobediência Sistemática”, no Site/Blog.

Quanto ao Arrebatamento não deixe de ler o Artigo “O Profético e Enigmático Arrebatamento da Igreja”, no Site/Blog.

Preocupado com os acontecimentos envolvendo as heresias e disputas religiosas esqueci o detalhe de que este Artigo refere-se às Crianças, logo, tenho que terminar sobre elas:

As Crianças não dão Dízimos, nem Ofertas!

PENSE NISSO:

INDIFERENÇA E INGRATIDÃO

Sobre este Assunto acessar a Seção “O AUTOR”, no Site.

……………………………………………. X ……………………………………….

“Este Artigo é de inspiração posterior à Publicação do Livro anunciado”

Os Artigos do Site complementam assuntos do Livro.

Na hipótese de ser importante, SUGIRO A INDICAÇÃO do Artigo e o SITE.

Próximos Assuntos a serem incluídos no Site, paulatinamente:

– O Enigma do Reino

– O Profético Reino Milenial

– Etc

27 comentários para AS CRIANÇAS E A GRANDE TRIBULAÇÃO

  • NELSON JACINTO NEVES  disse:

    Comentário excelente bem claro. Deus o abençoe ainda mais.

  • Pb. Cleiton Barbirato  disse:

    Na verdade, Jesus não se referia a crianças na acepção da palavra, mas fazia um comparativo para nos mostrar que devemos ser humildes como elas para entrar no reino dos Céus. Se analisarmos as Escrituras com atenção poderemos compreender que o pecado independe da idade.

    No Salmo 51, Davi afirma que em pecado e iniquidade somos gerados.

    Soli Deo Gloria

    • Onir Francisco Damas  disse:

      Prezado Cleiton
      Quanto a sua colocação sobre Jesus usar as crianças sobre as condições de humildade para entrar no Reino dos Céus eu estou de pleno acordo e as Escrituras nos mostra:
      Mateus
      18.4 Portanto, aquele que se humilhar como esta criança, esse é o maior no reino dos céus.
      Quanto a sua colocação de que o pecado independe de idade eu discordo, e confirmo o que exponho no meu Artigo em questão, amplamente contextualizado em relação aos inocentes;
      O Texto que você cita:
      Salmos
      51.5 Eu nasci na iniqüidade, e em pecado me concebeu minha mãe.
      Minha interpretação sobre o texto é a seguinte:
      “Eu nasci na iniqüidade” = iniqüidade é uma condição do iníquo = Satanás = cujo pecado começou pela desobediência, logo, Davi estava dizendo que ele nasceu na desobediência de Eva e Adão, como todos nós;
      “e em pecado me concebeu minha mãe” = Davi não estava dizendo que sua mãe era uma pecadora, mas que ele foi gerado na condição de todo o ser humano após o pecado de Eva;
      No contexto do Salmos 51: 3 e 4 Davi reconhece sua condição de pecador a ponto de dizer que os seus pecados estavam sempre diante dele, adquiridos ao longo de sua vida consciente;
      As palavras de Jesus sobre as crianças e o Reino dos Céus no meu entendimento são esclarecedoras sobre a idade e o pecado;
      Fique na Paz de Jesus

  • Lucas  disse:

    recomendo considerar também o livro de ezequiel pois pela lógica e pela palavra a alma que pecar esta morrerá

  • Lucas  disse:

    convido você a me acompanhar num raciocínio assustador que me ocorre sobre o suporte dessas idéias

    eu como pai, acreditando que as crianças que morrem antes de atingirem a tal idade misteriosa vão para o céu, consideraria um ato de amor tirar a vida do meu filho o mais cedo possível, e garantir para ele a salvação principalmente por que depois disso eu posso me arrepender e ir para o céu também.

    agora a maior sacanagem é eu não ter morrido criança também.

    ainda bem que hoje as crianças na idade da inocência não acessam esse site, senão correriamos um risco terrível de ver amanhã no jornal uma materia noticiando o suicídio em massa de crianças cristãs.

    • Onir Francisco Damas  disse:

      Prezado Lucas

      Lamento dizer que seus argumentos são equivocados e carecem de discernimento;

      Pelo visto você é um crítico da Bíblia e não um estudioso que acredita em um Criador;

      Sua opinião de Ezequiel é literal sem considerar os contextos do Plano de Salvação em Cristo Jesus;

      Quanto às Crianças suas colocações são lamentáveis;

      Falar em matar o filho e depois se arrepender não tem sentido para uma pessoa racional. Veja o que diz Provérbios 22: 6:

      Provérbios

      22.6 Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele.

      Desta forma o raciocínio lógico é assumir a responsabilidade de ensinar no Caminho certo que demanda compromisso e responsabilidade;

      Falar em suicídio em massa de crianças inocentes que não sabem discernir o Mal contraria todos os princípios da Lógica;

      Em princípio os Inocentes jamais fariam isso e os Conscientes sabem as conseqüências;

      Quanto a você não ter morrido ainda criança para ir para o Céu, eu lamento, pois, com esses pensamentos você corre o risco de não ir.

      Continue lendo todos os meus Artigos e o Livro, bem como, visite o Link sobre Poesias e relaxe um pouco.

      Jesus te ama!

      Onir

  • laura silva  disse:

    aleluia gloria a deus jesus ilumine vidas gloria gloria gloria ………………………. paz a todos………………… /////// ///
    lindo jesus………

  • thairis  disse:

    tenho 1 filha e preteno essinar o caminho em q ela deve andar, pois não quero ver minha filha vagando por esse mundo de inlução e de mentiras.e quanto as outras crianças não poso fazer nada apenas horar por elas e pelos pais delas.

    • Onir Francisco Damas  disse:

      Prezada Irmã em Cristo
      Obrigado pelo seu testemunho e Orações;
      Procure compartilhar este Assunto e o Site com outras pessoas;
      O Tempo da Igreja está terminando.
      Fique na Paz de Jesus
      Onir

  • levi queiroz da silva  disse:

    Prezado irmão Onir, me responda já que as crianças sao herdeiras do reino do ceus, faça-me clara uma pergunta no dia do arrebatamento uma mae gravida de 7 meses pr exemplo, morre com o arrebatamento do feto, ou fica viva e sentira o vazio em seu ventre depois já que não haverá crianças inocentes na grande tribulaão como o senhor afirma.
    aguardo resposta.
    abração!!!
    seu irmão em Cristo
    Levi

    • Onir Francisco Damas  disse:

      Prezado Irmão Levi Queiroz

      O seu questionamento está respondido no Artigo “A Copa do Mundo e os Sinais de Deus”, conforme texto que transcrevo abaixo:

      “Um feto desaparecer do útero de uma mulher grávida em trabalho de parto amplamente noticiado no mês de abril/2010, com acompanhamento de pré-natal, e ultrassom, na Cidade de Campo Limpo Paulista – SP, deixando estarrecidos os Médicos durante o Parto por Cesariana, como evidência do que vai acontecer no Arrebatamento, é um Sinal “espantoso” e sobrenatural; Este acontecimento foi amplamente divulgado nos meios de Comunicação;

      O Programa de Televisão Domingo Espetacular da Rede Record realizou uma Matéria sobre este Assunto, no dia 20/06/2010; O Programa Fantástico da TV Globo também apresentou uma matéria sobre o Assunto no dia 05/07/2010; Faz-se necessário uma “reflexão” tamanho o mistério sobre o Assunto;

      Verdade ou mentira, isto acontecerá no Arrebatamento – o desaparecimento de Feto do útero de gestante;

      Desaparecimento de crianças tem sido uma tribulação para muitas famílias em diversas partes do Mundo;

      Existem os casos de desaparecimento comprovadamente naturais ou criminosos de crianças, porém existem os casos de desaparecimento em que ninguém viu e nem existe qualquer pista, deixando atônitos OS MAIS EXPERIENTES INVESTIGADORES, beirando o limite do sobrenatural, e deixando em tribulação os atingido, sinalizando misteriosamente o que vai acontecer na Grande Tribulação;

      O Arrebatamento de Crianças só é ruim para os atingidos, pois as crianças arrebatadas são Salvos;

      Ver sobre o Arrebatamento das crianças no Artigo “As Crianças e a Grande Tribulação”, no Site;”

      Sugiro ler todos os meus Artigos;

      Fique na Paz de Jesus

      Onir

  • Fernando  disse:

    E se uma criança nascer em plena Grande Tribulação devido o óvulo ter sido fecundado logo após o arrebatamento pré-tribulacional? Não seria injusto todas as crianças serem arrebatadas e esta, que nasceu depois do arrebatamento passar pelo período tribulacional ?

    E se o arrebatamento não acontecer antes de Grande Tribulação ??

    Fica a pergunta para análise nas Escrituras.

    • Onir Francisco Damas  disse:

      Prezado Fernando

      Quanto aos seus questionamentos tenho a lhe responder o Seguinte:

      A Justiça Divina é Perfeita;

      Minha análise interpretativa tem limitações;

      Um espermatozóide leva de 20 minutos a 30 horas para alcançar o Óvulo após a ejaculação;

      Se acontecer o Arrebatamento e um espermatozóide que foi ejaculado antes do Arrebatamento, e fecundar o Óvulo, o feto a ser gerado não passará pela Grande Tribulação, no meu entendimento; Detalhes como este somente no futuro ficarão conhecidos;

      Porém após o Arrebatamento os casais deverão saber o que os espera, pois serão notórios os acontecimentos;

      Quanto ao Arrebatamento acontecerá antes da Grande Tribulação, conforme ampla exposição no Artigo “O PROFÉTICO E ENIGMÁTICO ARREBATAMENTO DA IGREJA, no Site;

      Espero ter respondido a sua pergunta;

      Fique na Paz de Jesus

      Onir

  • eduardo  disse:

    muito bom irmão por este esclarecimento concordo com tudo !!!
    gostaria de fazer uma pergunta:
    começando a grande tribulação haverá crianças na terra?

    • Onir Francisco Damas  disse:

      Prezado Eduardo

      No Artigo eu deixo minha interpretação de que as Crianças em idade de inocência serão Arrebatadas;

      Deixo também minha interpretação de que somente o Criador tem o Poder para saber quais crianças não serão Arrebatadas por terem alcançado um estado de consciência e atitudes pecaminosas;

      Certamente haverá crianças durante a Grande Tribulação, porém não inocentes;

      Este Assunto eu abordei, porém reconheço que está muito aquém da profundidade a ser alcançado;

      Espero ter atendido suas expectativas

      Onir

  • Elaine Correia  disse:

    A paz do Senhor, gostaria de saber o que irá acontecer com os bichinhos de estimação, tenho uma gatinha e uma cachorrinha, não gostaria que elas sofrescem, com fome, sede, e pior saudade elas me amam demais e sofreriam muito ,sofro em pensar que elas podem ficar sozinha nesse mundo perverso, aguardo resposta, obrigasa a paz.

    • Onir Francisco Damas  disse:

      Prezada Irmã Elaine Correia

      Obrigado pelo contato;

      Sua preocupação tem sentido e certamente também alcança os corações de todos os Cristãos em relação aos animais de estimação após o Arrebatamento;

      Passei por essa aflição até o ano passado com um cachorro que viveu 16 anos e faleceu;

      Deus faz tudo Perfeito e diz nas Escrituras que após o Arrebatamento e Ressurreição não haverá lembranças que nos venham fazer sofrer;

      Quanto aos animais de estimação que ficarem deve ser de bom alvitre que os seus donos façam um esquema junto às diversas possibilidades de cada um para que acontecendo o Arrebatamento os animais sejam amparados por Clínicas Veterinárias de sua confiança, por exemplo, ou outra possibilidade segundo a situação de cada dono;

      Fico a imaginar como o Coração de Deus, por força dessas e outras circunstâncias, está adiando o Arrebatamento;

      Pior que deixar os animais de estimação será o fato dos entes queridos que ficarem com eles;

      Sinceramente, gostaria de encontrar na Bíblia uma resposta mais alentadora, como por exemplo, que os animais de estimação acompanharão os seus donos no Arrebatamento, porém não vejo essa possibilidade;

      Tenho incluído os animais nas minhas Orações, diariamente, para que Deus os livre do sofrimento da Grande Tribulação;

      Quando do TSUNAMI do Japão os animais misteriosamente não foram atingidos, conforme noticiou os meios de Divulgação;

      Eu não tenho dúvidas que o TSUNAMI do Japão foi um Sinal de Deus, conforme postei em Artigo;

      Aquele Sinal de Deus incluindo o livramento dos animais nos dá alento para os animais após o Arrebatamento;

      Fique na Paz de Jesus.

      Onir

  • Paulo  disse:

    Boa noite.
    Gostei muito desse artigo. Como tenho uma criança de 1 ano e 10 meses, percebi a necessidade de auxiliá-la em manter – se na inocência. Mas Onir, quais as pistas dessa inocência, já que a mera pregação da palavra, cura e libertação – segundo seu texto – não são suficientes para o auxílio das crianças?

    Obrigado e Paz de Jesus!!

    • Onir Francisco Damas  disse:

      Prezado Paulo

      Creio que você se refere ao Texto abaixo postado no Artigo em questão:

      “Os Pais que se preocupam apenas com seus problemas de Auto-Ajuda como solução na ênfase de Cura, Libertação, Prosperidade e Pregação da Palavra de Deus, e esquecem-se de que seus filhos necessitam de sistemático ensinamento da Palavra de Deus, conforme manda Provérbios 22: 6, correm o risco de vê-los desencaminhados através dos Sistemas do Mundo;

      Não precisa ser um bom observador para assistir que os Grandes Movimentos Evangélicos preocupam-se apenas com os adultos e a solução de seus problemas de Auto-Ajuda;”

      O que eu explico no texto acima é que muitos Pais só se preocupam com eles ao procurarem Igrejas de Auto-Ajuda, e se esquecem de seus filhos;

      Igreja de Auto-Ajuda são as que não têm Escola Dominical, como se vê na Televisão, para não citar nomes;

      Fique na Paz de Jesus.

      Onir

  • Moisés B. Silva  disse:

    Meu prezado irmão Onir, a paz do Senhor

    Tenho lido seus artigos, e confesso que é uma excelente ferramenta pra que muitos possam se salvar. Tenho orado pelo irmão pra que o Espírito Santo de Deus continue inspirando o amado através da sua palavra.
    Deus continue te abençoando!

  • Sérgio  disse:

    Bom dia, haverá nascimento na grande tribulação? Base biblica?

    • Onir Francisco Damas  disse:

      Prezado Sergio

      Quanto ao seu questionamento tenho a responder o seguinte:

      – A Grande Tribulação vai durar sete anos;

      – Poucos serão Arrebatados, considerando as Palavras de Jesus de que muitos serão chamados, mas poucos serão escolhidos;

      – Logo serão bilhões de casais fazendo sexo, naturalmente, apesar das condições sobrenaturais que ocorrerão durante o Período de Sete Anos, em que 2/3 da Humanidade perecerão, conforme Zacarias 13: 8 e 9:

      Almeida Revista e Atualizada

      Zacarias

      13.8 Em toda a terra, diz o SENHOR, dois terços dela serão eliminados e perecerão; mas a terceira parte restará nela.

      13.9 Farei passar a terceira parte pelo fogo, e a purificarei como se purifica a prata, e a provarei como se prova o ouro; ela invocará o meu nome, e eu a ouvirei; direi: é meu povo, e ela dirá: O SENHOR é meu Deus.

      – Do exposto fica seu questionamento respondido, isto é, haverá nascimento durante a Grande Tribulação;

      Fique na Paz de Jesus.

      Onir

  • Alessandra Dias  disse:

    Paz do Senhor irmão Onir trabalho a 6 anos com Dpto Infantil e nunk durante tda mha vida e estudos sobre Evangelismo de Crianças eu fui ensinada sobre tal assunto, p/Vc vê a carência de visão e discernimento de assuntos q são fundamental para o ensino de quem está se preparando pra ir pró céu. Q Deus continue te usando para levar luz, transparência e mensagem genuína nesses últimos dias na terra.

  • David silva  disse:

    qual embasamento bíblico para afirmar uma segunda chance para a salvação após o arrebatamento?
    ou a salvação só será dirigida ao povo de israel?

    • Onir Francisco Damas  disse:

      Prezado David

      Seu questionamento encontra resposta no Artigo “O ENIGMA DA GRANDE TRIBULAÇÃO”, no Site, na parte referente ao Tópico “O ESPÍRITO SANTO NA GRANDE TRIBULAÇÃO”.

      Fique na Paz de Jesus.

      Onir

  • juliana  disse:

    Gostaria de saber um criança que foi arrebatada com que idade ela permanecerá no céu ? ela vai crecer?aguardo uma resposta com base bíblica

    • Onir Damas  disse:

      Prezada Juliana

      O Artigo explica que as crianças que morrem ou que são arrebatadas, ou serão arrebatadas recebem um Corpo de Anjo no Céu;

      Mais do que isso Jesus não nos deixou nenhuma outra informação, logo as crianças que vão para o Céu recebem um Corpo Glorioso, tomando como referência que um Idoso que alcança a Salvação recebe um Corpo Glorioso, isto é, um Corpo em Plena Jovialidade;

      Tudo misso eu explico em Artigos sobre os que serão dignos do Céu;

      Onir

Comente

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>