NOVO NASCIMENTO

INTRODUÇÃO

Diante do questionamento de um Leitor, postado a seguir,  sobre NOVO NASCIMENTO, conforme referência em João 3: 1 a 21, resolvi abordar o Assunto em Artigo de acordo com o meu conhecimento, entendimento e discernimento:

“Aprecio imensamente a leitura de seus artigos e o tenho recomendado a diversas pessoas.

Eu tenho conversado com um colega de trabalho sobre a Bíblia. Ele  estuda a Bíblia, mas não frequenta denominações.

Um dia quis comentar com ele sobre o novo nascimento, mas não soube explicar. Tomei por base o texto de João capítulo III. Eu entendo intuitivamente que o nascer de novo é uma mudança interior que produz arrependimento e rendição ao senhorio de Jesus Cristo, mas como explicar isso para um não cristão ou para quem só conhece a Bíblia intelectualmente?

Em procura na Internet, tenho visto que cada sistema religioso define isso de um jeito.”

A DÚVIDA DE NICODEMUS

Quando Jesus disse para Nicodemus que ele deveria “nascer de novo” estava dizendo que assim como os Judeus usavam o Batismo nas Águas para os Prosélitos;

Assim também Nicodemus deveria se submeter ao Batismo nas Águas como testemunho público de arrependimento e conversão, após ouvir de Jesus o Seguinte:

Almeida Revista e Atualizada

João

3.1   Havia, entre os fariseus, um homem chamado Nicodemos, um dos principais dos judeus.

3.2   Este, de noite, foi ter com Jesus e lhe disse: Rabi, sabemos que és Mestre vindo da parte de Deus; porque ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se Deus não estiver com ele.

3.3   A isto, respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.

– Ver o Reino de Deus = Expressão Teológica/Enigmática em relação aos fenômenos sobrenaturais do Espírito Santo que caracterizam os acontecimentos e que acompanham os que se submetem ao Novo Nascimento.

3.4   Perguntou-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Pode, porventura, voltar ao ventre materno e nascer segunda vez?

3.5   Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus.

Nascer da água = Submeter-se ao Batismo nas Águas como testemunho Público de Arrependimento pelos Pecados e Conversão a Cristo como seu único e Eterno Salvador.

Nascer do Espírito = Abrir o coração para que o Espírito Santo tenha espaço na Vida do Convertido a Cristo; Ver a diferença entre receber o Espírito Santo e ser Batizado com o Espírito Santo no Artigo “O ONIPRESENTE – ESPÍRITO SANTO”, no Site.

Entrar no reino de Deus = Expressão Teológica relacionada para o Período da Graça que começou através do Cristo e Sua Igreja, e que proporciona uma Entrada para o Reino de Deus, ainda aqui na Terra, e, após a morte não ter que ir para o Juízo Final; Ver os Artigos “O ENIGMA DO REINO” e  “A SALVAÇÃO E A VIDA ETERNA”, no Site.

Importante ver a diferença entre receber o Espírito Santo e a diferença de ser Batizado com o Espírito Santo no Artigo “O ONIPRESENTE – ESPÍRITO SANTO”, no Site.

3.6   O que é nascido da carne é carne; e o que é nascido do Espírito é espírito.

– nascido da carne = Jesus estava falando do nascimento vaginal – carne;

– nascido do espírito = Jesus estava falando do arrependimento como nascimento de um novo viver NELE – Cristo;

3.7   Não te admires de eu te dizer: importa-vos nascer de novo.

– Nascer de Novo é emergir da água para uma Nova Vida Espiritual em Cristo Jesus.

3.8   O vento sopra onde quer, ouves a sua voz, mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo o que é nascido do Espírito.

– Nascido do Espírito é crer na Palavra de Deus – Jesus – como quem ouve a Sua voz.

3.9   Então, lhe perguntou Nicodemos: Como pode suceder isto? Acudiu Jesus:

3.10   Tu és mestre em Israel e não compreendes estas coisas?

Neste ponto da conversa Jesus foi enfático em chamar à atenção de Nicodemus pelo fato dele conhecer as Escrituras, como está escrito em João 1: 11: 1.11 =  Veio para o que era seu, e os seus não o receberam.

Preste atenção que ainda Hoje muitos conhecem …

João 5.39 =   Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim.

3.11   Em verdade, em verdade te digo que nós dizemos o que sabemos e testificamos o que temos visto; contudo, não aceitais o nosso testemunho.

Entre outros argumentos Teológicos, Jesus continuou Sua Pregação para Nicodemus:

3.12   Se, tratando de coisas terrenas, não me credes, como crereis, se vos falar das celestiais?

3.13   Ora, ninguém subiu ao céu, senão aquele que de lá desceu, a saber, o Filho do Homem [que está no céu].

3.14   E do modo por que Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do Homem seja levantado,

3.15   para que todo o que nele crê tenha a vida eterna.

3.16   Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

3.17   Porquanto Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.

3.18   Quem nele crê não é julgado; o que não crê já está julgado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.

Quem nele crê não é julgado = não vai para o Juízo Final; Ver o Artigo “A SALVAÇÃO E A VIDA ETERNA”, no Site.

JOÃO BATISTA E O BATISMO NAS ÁGUAS

O Batismo de João não era essencialmente judaico, apesar de sua similaridade com o batismo judaico dos prosélitos, por imersão;

Prosélito – Pagãos convertidos ao Judaísmo, que através do Batismo em Águas selavam o compromisso.

O Batismo de João era Divino, isto é, foi Deus quem lhe mandou realizar, conforme suas próprias palavras em João 1: 33 :

“ Eu não o conhecia; aquele, porém, que me enviou a batizar com água, me disse : Aquele sobre quem vires descer e pousar o Espírito, esse é o que batiza com o Espírito Santo ”João 1: 33.

– Eu não o conhecia = Pode parecer uma contradição esta afirmação de João Batista, pelo fato dele ser primo de Jesus, conforme os relatos de Lucas 1: 36; Na verdade João Batista estava dizendo que esperou a confirmação de Deus sobre Jesus ser o Messias, que aconteceu com a visão da pomba como Símbolo do Espírito Santo, em João 1: 33.

DETALHE : “AQUELE, PORÉM, QUE ME ENVIOU A BATIZAR COM ÁGUA”  – QUEM ???

Não deixa dúvidas que foi do REINO CELESTIAL que partiu esta determinação transcendental para João Batista, como Profeta – Batizar com água;

O Batismo de João era por imersão no Rio Jordão ( Marcos 1: 4 e 5 ) como deixa claro as referências em Romanos 6: 1 a 4

Marcos 1 : 4 e 5

4 – Apareceu João batizando no deserto, e pregando o batismo de arrependimento, para remissão dos pecados.

5 – E toda a província da Judéia e os de Jerusalém iam ter com ele; e todos eram batizados por ele no rio Jordão, confessando os seus pecados.

Romanos 6: 1 a 4

6:1 QUE diremos pois? Permaneceremos no pecado, para que a graça abunde?

6:2 De modo nenhum. Nós, que estamos mortos para o pecado, como viveremos ainda nele?

6:3 Ou não sabeis que todos quantos fomos batizados em Jesus Cristo fomos batizados na sua morte?

6:4 De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida.

Paulo está fazendo uma analogia do SEPULTAMENTE com a IMERSÃO do Batismo nas Águas, e, da RESSURREIÇÃO de Cristo com a SAIDA das ÁGUAS após a IMERSÃO, como uma novidade de vida, isto é, Um Novo Nascimento, em Cristo;

DETALHE :

“Ou não sabeis que todos quantos fomos batizados em Jesus Cristo” ( Romanos 6: 3) = Paulo está dizendo que foi Batizado por IMERSÃO, isto é, todos os Discípulos, certamente, se submeteram ao Batismo nas águas, por IMERSÃO; – “FOMOS “ – plural

“batizados em Jesus Cristo” = Paulo usou uma linguagem figurada para caracterizar o Batismo como comparação com o sepultamento de Jesus em relação a imersão nas águas, e a ressurreição de Jesus com a saída das águas para uma nova vida.

PENSE NISSO :

O Nascimento Vaginal se dá inicialmente pela fecundação que forma uma bolsa líquida, onde se processa a gestação; Nós nascemos para a vida, através uma  IMERSÃO;

O Batismo por IMERSÃO, simbolicamente, tem o mesmo sentido, em que somos imersos na água e emergimos para uma NOVA VIDA em Cristo – UM NOVO NASCIMENTO ESPIRITUAL.

Marcos

16.16   Quem crer e for batizado será salvo; quem, porém, não crer será condenado.

Mateus

28.19   Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;

IMPORTA-VOS  NASCER DE NOVO ( João 3: 7 )

Nascer de Novo – UM NOVO NASCIMENTO – é aceitar Jesus como seu Único e Eterno Salvador, se submeter ao Batismo por Imersão em águas, através de uma Autoridade Espiritual estabelecida em Igreja Cristã, como compromisso Público de Arrependimento pelos Pecados Cometidos;

Quanto aos detalhes relacionados com a impossibilidade do Batismo por Imersão, em determinadas situações, ver o Artigo “BATISMO NAS ÁGUAS”, no Site;

CONCLUSÃO

Quem convence o HOMEM do Pecado, da Justiça e do Juízo é o Espírito Santo, conforme deixa evidente a referência em João 16: 7 a 14:

16.7   Mas eu vos digo a verdade: convém-vos que eu vá, porque, se eu não for, o Consolador não virá para vós outros; se, porém, eu for, eu vo-lo enviarei.

16.8   Quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo:

16.9   do pecado, porque não crêem em mim;

– Não crer em Jesus é pecado (João 3: 18).

16.10   da justiça, porque vou para o Pai, e não me vereis mais;

– O justo viverá pela Fé (Hebreus 10: 38); o Espírito Santo trabalhará para que o Justo viva pela Fé, pois, sem Fé é impossível agradar a Deus (Hebreus 11: 6).

16.11   do juízo, porque o príncipe deste mundo já está julgado.

– Jesus afirma que o Estrategista do Mal já está julgado e que o Espírito Santo trabalhará para convencer o Mundo sobre o Pecado de seguir aquela que já está julgado.

16.12   Tenho ainda muito que vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora;

16.13   quando vier, porém, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará as coisas que hão de vir.

16.14   Ele me glorificará, porque há de receber do que é meu e vo-lo há de anunciar.

CONCLUSÃO FINAL

Quanto a colocação INICIAL do Leitor, que deu inspiração para a composição deste Artigo, sobre o seu colega de trabalho e a difícil explicação sobre o Novo Nascimento, deixo o meu entendimento a seguir:

O Novo Nascimento está relacionado com as seguintes atitudes de uma Pessoa:

Aceitar Jesus como o Seu Único e Eterno Salvador, após ter sido convencido pelo Espírito Santo através da Palavra de Deus, pelo Discipulado, ou em leitura, por Pregação nos diversos meios de divulgação, seja em Igreja, Rádio, Televisão, Internet, Etc…

Se submeter a uma Autoridade Espiritual em Igreja de Cristo devidamente constituída;

Na Igreja, se submeter ao Batismo nas Águas por Imersão;

Ao Emergir das águas está caracterizado o NOVO NASCIMENTO.

Deus espera do Nascido de Novo o que Ele procura:

Um dedicado Adorador:

– em Espírito e Verdade;

– sem essa de imagem de escultura;

– sem essa de artifícios mirabolescos de “unção”

– sem essa de tatuar o corpo;

– àqueles que antes se tatuaram, Deus não leva em conta o tempo da ignorância  (Atos dos Apóstolos 17: 30);

– sem essa de  “joio de objetos ungidos”;

– sem a prática de heresias;

– sem essa de título RELIGIOSO pomposo;

– quem toma a sua “cruz” e O siga com propósito de Oração e Jejum; APENAS COMO SIMPLES EXEMPLOS…

João

4.23   Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores.

4.24   Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade.

COISA ENTENDIDA

A coisa mais importante nesta vida
Como pode tanta gente entendida
Por interesse fútil, desconhecer

Como pode essa gente não ligar
E se liga, liga para agradar
Mas que adianta a hipocrisia do amor

O amor do qual eu falo
Não pode sofrer abalo
Pois é o Amor de Jesus

O Amor de Jesus Cristo
É algo que sobre isto
Todos já ouviram falar

A minha grande tristeza
É ver que a maior pobreza
Não é o bem o pobre que tem

A pobreza que é real
Não é ela material
Mas sim Espiritual

Quem me dera ser Possante
Para poder num instante
Fazer o Mundo entender

Entender coisa entendida
Pois o melhor desta Vida
É… a Eternidade… alcançar!

…………………………………………………….. X ……………………………………………………..

Próximos Assuntos a serem incluídos no Site, paulatinamente:

O PERFEITO ADORADOR

A NATUREZA DO MAU

OBS: Na hipótese de concordar que o Assunto é importante, copie o endereço do Site www.assuntospolemicosdabiblia.com, imprima o máximo numa folha A4, corte em pedaços, e distribua, como instrumento de fazer a Obra do REINO DE DEUS.

 

Comente

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>