O PODER ENIGMÁTICO DA INTERCESSÃO

INTRODUÇÃO

Preste atenção na pergunta de uma Leitora do Site:

“Assunto: Daniel e a fornalha

Corpo da mensagem:

Onde estava Daniel quando seus amigos foram jogados na fornalha. Porque ele não foi jogado?”

Quando lemos todo o contexto do Episódio que motivou a decisão do Rei Nabucodonosor de lançar na Fornalha Acesa os Amigos de Daniel – Sadraque, Mesaque e Abede-Nego – sem mencionar a participação de Daniel;

Quando lemos todo o contexto do Episódio que motivou a decisão do Rei Nabucodonosor de lançar na Cova dos Leões apenas o Profeta Daniel sem mencionar a participação de seus três Amigos –  Sadraque, Mesaque e Abede-Nego;

Mais uma vez estou motivado a afirmar que a Bíblia não pode ser interpretada apenas pela sua Literalidade;

Quando lemos a Bíblia nós temos a oportunidade de fazer duas escolhas:

Primeira = Ler a Bíblia procurando os seus defeitos, contradições, imperfeições, mazelas, enfim, tudo que possa desacreditá-la;

Segunda = Ler a Bíblia procurando a Revelação de Deus para uma vida de Paz, Amor, Bondade, enfim, tudo que possa abençoar a si próprio e o seu semelhante.

A Bíblia, como Livro humanamente falando, é um livro qualquer, como é visto pelos críticos – desacreditada;

A Bíblia apresenta uma Mensagem Enigmática, e cercada de todas as características do comportamento humano, em todos os seus sentidos, sem esconder  e  sem omitir;

A sua Mensagem tem o propósito de mostrar ao Homem os dois caminhos de sua escolha;

Quando o Homem escolhe o caminho da leitura NEGATIVA, envolta em críticas, ele encontra um vasto espaço, E NÃO VÊ – fica em TREVAS;

Quando o Homem escolhe o caminho da leitura POSITIVA, ele encontra um apertado espaço, e então – fica envolto em LUZ –  como  milhões  em Cristo Jesus ( Mateus 7: 14 );

Mateus 7:

14 –  E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem.

Diante dessas circunstâncias, podemos afirmar que a Bíblia não tem contradições, e sim, suas imperfeições TAMBÉM têm um propósito Divino, enigmático, transcendental, misterioso;

Negar que a Bíblia tem (mostra) imperfeições de toda natureza humana, é fugir à realidade – eu conheço as críticas sobre quase tudo;

Entretanto, existe um propósito para tudo debaixo do céu, e não é diferente com a Bíblia ( Eclesiastes 3: 1 );

Eclesiastes 3:

1 – Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.

Desacreditar a Bíblia, simplesmente, como explicado, sem entender que as pessoas humildes não estão em condições de uma análise Teológica profunda do seu conteúdo, afastando-as de Deus,  será devidamente cobrado;

Citar a Bíblia, sem citar JESUS, é como querer beber em copo vazio – JESUS é o seu conteúdo. JESUS é o seu Princípio, Meio e Fim, como diz João 5: 39 :

“Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim” (João 5: 39).

Eu leio a Bíblia procurando receber de Deus inspiração e discernimento.

Oração, Jejum e Adoração é o “tripé” que serve de sustentação para que o Servo do Senhor tenha condições de alcançar as Alturas Celestiais;

Quem conseguir elevar as ‘três pernas” desse “tripé” – Oração, Jejum e Adoração – em plena harmonia e igualdade de dimensão certamente fará a diferença na conjuntura do Sistema Teológico EVANGÉLICO, porém…

PENSE NISSO:

Fazer a OBRA do SENHOR sem Propósito de ORAÇÃO, JEJUM e ADORAÇÃO, e, não Conhecer e  Entender a Palavra de Deus, bem como, receber de Deus o Discernimento (1ª Coríntios 12: 10), é o mesmo que um Soldado que vai para uma Guerra, sem conhecer e entender as específicas Estratégias da Batalha, e sem Equipamentos e sem Munição;

Nestas condições o Estrategista do Mal o captura e o usa através de Heresias, Joio dos “objetos ungidos”, “artifícios mirabolescos de “unção”, títulos pomposos,  idolatria, apenas como exemplos de uso em larga escala no cenário religioso.

EXEMPLO DE ORAÇÃO INTERCESSORA

Almeida Revista e Atualizada

Daniel

9.1   No primeiro ano de Dario, filho de Assuero, da linhagem dos medos, o qual foi constituído rei sobre o reino dos caldeus,

9.2   no primeiro ano do seu reinado, eu, Daniel, entendi, pelos livros, que o número de anos, de que falara o SENHOR ao profeta Jeremias, que haviam de durar as assolações de Jerusalém, era de setenta anos. (Ver o Artigo “O ENIGMA DO SETENTA”, no Site)

9.3   Voltei o rosto ao Senhor Deus, para o buscar com oração e súplicas, com jejum, pano de saco e cinza.

PRESTE ATENÇÃO:

Quem deseja entender como funciona o processo da Oração, do Jejum e Adoração deve meditar no Capítulo 9 e Capítulo 10 do Livro do Profeta Daniel, BEM COMO, ler o Artigo “ORAÇÃO, JEJUM E ADORAÇÃO, no Site;

A Oração Intercessora de Daniel nos dá um exemplo indiscutível de como funciona o Reino de Deus aqui na Terra, e como esse Reino aqui é semelhança do Reino Celestial;

Ver o Artigo “IMAGEM E SEMELHANÇA”, no Site.

Por ser muito extenso deixo de postar a Oração Intercessora que o Profeta Daniel fez a partir do versículo 4 até o versículo 22 do Capítulo 9, que você deve ler em sua Bíblia, quando o Anjo Gabriel devidamente enviado por Deus lhe dirige as seguintes palavras:

Daniel

9.23   No princípio das tuas súplicas, saiu a ordem, e eu vim, para to declarar, porque és mui amado; considera, pois, a coisa e entende a visão.

“saiu a ordem” = aqui está uma demonstração inequívoca de como funciona o Reino Celestial;

De onde saiu a ordem?

A Ordem saiu da “boca” de Deus para o Anjo Gabriel que foi enviado até Daniel, como resposta da Oração;

Preste atenção que o Anjo Gabriel serve junto ao Trono de Deus:

E, respondendo o anjo, disse-lhe: Eu sou Gabriel, que assisto diante de Deus, e fui enviado a falar-te e dar-te estas alegres novas. Lucas 1:19;

“Eu sou Gabriel, que assisto diante de Deus” = ENTENDEU!!!!!!!!!!!!!!

 

O PODER ENIGMÁTICO DA INTERCESSÃO

Respondendo a pergunta da Leitora que me inspirou em escrever este Artigo podemos entender que Deus permitiu os dois Episódios citados envolvendo Daniel e seus três Amigos, a fim de mostrar como funciona E COMO É NECESSÁRIO o Poder Intercessor no Reino do Céu aqui na Terra. Ver o Artigo “O ENIGMA DO REINO”, no Site.

No Episódio da Fornalha Acessa o Profeta Daniel, por ação de Deus, ficou de fora da acusação para poder ficar em Oração de Intercessão em favor dos seus três Amigos, apesar da Bíblia, enigmaticamente, não mencionar o fato;

Precisa ficar entendido que os Quatro eram Amigos e certamente viviam em Comunhão, principalmente pelo fato de Daniel ter sido nomeado Governador da Babilônia e ter nomeado seus três Amigos como Auxiliares Diretos em quem poderia confiar, apesar da Bíblia não detalhar o trabalho administrativo de Daniel e seus três Amigos:

Desta forma não é difícil entender que Deus, ENIGMATICAMENTE, providenciou para que Daniel ficasse de fora da acusação a fim de interceder pelos seus três Amigos;

Fica a pergunta no Ar:

Precisava de uma intercessão!?

Nisso está o Enigma da Intercessão!

O Reino de Deus é movido por Orações de Intercessões quando se está em Batalha Espiritual, bem como, acompanhada de um propósito de Jejum que aumenta o Poder da Intercessão;

Da mesma forma, no Episódio da Cova dos Leões os três Amigos de Daniel ficaram de fora da acusação para poderem ficar em Oração de Intercessão em favor de Daniel;

A Palavra de Deus está recheada de Exemplos de Orações Intercessoras. A mais importante e conhecida está em João 17: 1 a 26, proferida por Jesus, pouco antes do seu Martírio;

É de bom alvitre citar o Episódio em que ESTER convoca todo o Povo Judeu para Orar e Jejuar por três dias em favor do Livramento de morte de todos os Judeus decretado pelo Rei Assuero, influenciado por Hamã conforme o Livro de Ester 4: 16 e 17;

 

Ester 4:

16 – Vai, ajunta a todos os judeus que se acharem em Susã, e jejuai por mim, e não comais nem bebais por três dias, nem de dia nem de noite, e eu e as minhas servas também assim jejuaremos. E assim irei ter com o rei, ainda que não seja segundo a lei; e se perecer, pereci.

17 – Então Mardoqueu foi, e fez conforme a tudo quanto Ester lhe ordenou.

Muitos são os exemplos que a Bíblia mostra a respeito de Oração de Intercessão;

O Objetivo deste Artigo é chamar à atenção para a necessidade e Obrigação que todos os Servos do Senhor têm na Obra do Reino de Deus, em diariamente, como propósito de compromisso, num intervalo de tempo não menor que 20 minutos, pela madrugada ou durante o dia, buscar o Reino de Deus, em Oração de Intercessão, em favor dos seguintes exemplos:

Em favor do Lar ( Família ) e Parentes enfatizando o sucesso material, matrimonial, profissional e principalmente o Espiritual em Cristo Jesus.

Em favor do Local onde mora para que Deus repreenda todas as Hostes Malignas;

Em favor da Igreja em toda a Terra, para não ser encontrada sob práticas Heréticas quando do Arrebatamento;

Em favor das Organizações Missionarias em Geral, procurando lembrar das conhecidas;

Em favor dos Missionários/as em Geral, procurando lembrar dos conhecidos/as;

Em favor do nosso Pais e Autoridades pedindo a Deus que nos livre das maldiçoes das Idolatrias, Feitiçarias, Espiritismo, Misticismo, Corrupções em Geral,  entre outras práticas contrárias a vontade de Deus;

Em favor da Paz em Jerusalém para que Deus tenha Misericórdia dos Judeus e Palestinos Mulçumanos, diante das Profecias Bíblicas sobre a Região do Oriente Médio;

Em favor dos Refugiados das Guerras que se espalham pelo Mundo;

Em favor dos que sofrem pela fome e doenças em todas as Regiões do Planeta;

Em favor dos enfermos próximos;

Em favor dos animais para que Deus interfira sempre na Ação dos Caçadores/as criando uma consciência de preservação das Espécies e não o contrário;

Em favor da Natureza Global – Ver o Artigo “TERRA – UM ORGANISMO VIVO”, no Site.

Além dos exemplos apresentados o Servo do Senhor deve ter sua Estratégia de Oração Intercessora em favor do Reino de Deus aqui na Terra.

 

EXEMPLO PRÁTICO E REAL

Numa Aula da Escola Dominical ouvi certa vez um Testemunho em que um filho de uma Irmã em Cristo vivia envolvido na Criminalidade de sua Comunidade, e num entrevero com outros marginais escapou ileso quando a arma de seu algoz falhou repetidamente, tendo fugido para sua Casa;

Ao entrar em Casa deparou com sua mãe de joelhos intercedendo em Oração, e não teve dúvidas que foi a intercessão de sua mãe o motivo da Arma de seu algoz ter falhado;

Muitos são os exemplos de Livramentos como esse acontecendo diariamente sem que os envolvidos tomem conhecimento de que mãe, pai, filhos, parentes e pessoas em geral, estão intercedendo uns pelos outros.

 

CONCLUSÃO

Orai uns pelos outros como afirma o Livro de Tiago 5: 16

Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos. Tiago 5:16

O fundamental conteúdo deste Artigo É conscientizar o Servo/a do Senhor de que nossa responsabilidade na Obra do Reino de Deus aqui na Terra, apesar de todas as nossas imperfeições, fraquezas, fragilidades, implica em ser um diário INTERCESSOR, isto é, um INTERCESSOR em ORAÇÃO que todos os dias, de forma PRAGMÁTICA se coloca em favor do Reino de Deus, em Nome de Jesus e Sua Igreja Imaculada.

Precisa ficar entendido:

Todos os conscientes Intercessores conhecem a máxima espiritual que em tudo e em todos deve ser feita a Vontade de Deus;

Lucas 11:

2 – E ele lhes disse: Quando orardes, dizei: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu reino; seja feita a tua vontade, assim na terra, como no céu.

 

Que estás nos céus?!

Gênesis

  • No princípio, criou Deus os céus e a terra.

Quais  céus?

– Primeiro Céu   Criado foi o Céu Celestial, isto é, o Reino Celestial, que o Apóstolo Paulo chama de “terceiro céu”, em 2ª Coríntios 12: 2, considerando que Paulo estava olhando de baixo para cima;

– Segundo Céu Criado foi o Céu das Estrelas – o Universo;

– Com a Criação da Terra foi Criado o céu das nuvens – – terceiro céu criado.

Bem entendido:

Primeiro céu, o céu das nuvens;

Segundo céu, o céu das estrelas;

Terceiro Céu, o Céu Celestial, conforme 2ª Coríntios 12: 2. 

2ª Coríntios 12:

2 –  Conheço um homem em Cristo que há catorze anos (se no corpo, não sei, se fora do corpo, não sei; Deus o sabe) foi arrebatado ao terceiro céu.

 

CONCLUSÃO FINAL

O PRAGMATISMO é uma doutrina filosófica que se baseia na verdade do valor prático. Uma pessoa PRAGMÁTICA é aquela que busca resolver seus problemas de maneira ágil, prática, que visa mais as soluções do que os obstáculos.

Existe um Ditado popular que afirma que uma única andorinha não faz o Verão;

Este Artigo tem o Objetivo de reunir o maior número possível de ANDORINHAS ESPIRITUAIS/INTERCESSORAS, em Cristo Jesus, para que Deus, na Pessoa do PAI (O ONISCIENTE) nos MANDE um Verão iluminado, na Pessoa do Sol Divino do Espírito Santo (O ONIPRESENTE), para o esplendor de Sua Glória, na Pessoa de Jesus Cristo (O ONIPOTENTE).

Ver o Artigo “O ENIGMA DA TRINDADE”, no Site.

…………………………………………………..xx………………………………………………..

Próximos Assuntos a serem incluídos no Site, paulatinamente:

O ENIGMA DO TRONO BRANCO

OBS: Na hipótese de concordar que o Assunto é importante, copie o endereço do Site www.assuntospolemicosdabiblia.com, imprima o máximo numa folha A4, corte em pedaços, e distribua, como instrumento de fazer a Obra do REINO DE DEUS.

 

 

 

 

 

Comente

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>