O PROFÉTICO E ENIGMÁTICO ARREBATAMENTO DA IGREJA

Como INTRODUÇÃO a um Assunto Sobrenatural, nada melhor que os indícios da Sobrenatural TRAVESSIA DO MAR VERMELHO;

Apresentação – CLIQUE AQUI

Estamos na iminência do cumprimento de um assunto Bíblico Profético, Enigmático e Transcendental;

PROFÉTICO porque Jesus deixou claro em Mateus 24: 27 :

24: 27 = “Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até ao ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem”.

Jesus dá alguns exemplos claros de como e quando será o Arrebatamento, conforme Mateus 24: 37 a 44 :

24: 37 = “E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem”

24: 38 = “Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca”,

ATENÇÃO: Comer, beber e casar não é pecado, porém, “ELES” só pensavam nisso, e, não deram crédito à Pregação de Noé, durante cerca de 100 anos ( 2ª Pedro 2: 5 ).

“Davam-se em casamento” = Os estudiosos da Bíblia entendem tratar-se de “Tradição de Família”, em que os Pais intermediavam o casamento dos filhos; Entretanto como os dias de Hoje são de liberdade de fornicação, alcançando até os adolescentes, não tenho medo de errar que os dias de Noé  também eram, contextualizando com as palavra de Jesus.

24: 39 = “E não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do homem”

24: 40 = “Então, estando dois no campo, será levado um, e deixado o outro”;

24: 41 = “Estando duas moendo no moinho, será levada uma, e deixada outra”.

24:42 = “Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso Senhor”.

24: 43 = “Mas considerai isto: se o pai de família soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa”;

24: 44 = “Por isso, estai vós apercebidos também; porque o Filho do homem há de vir à hora em que não penseis”.

Desta forma podemos afirmar que estes exemplos Proféticos não deixam dúvidas de que haverá um fenômeno Sobrenatural de Transladação de pessoas:

– da vida material para a vida espiritual;

– do mundo para o Céu;

– da morte para a Vida Eterna;

– do sofrimento para o Gozo;

– do Plano Criado para o Plano Criador.

Muitos são os exemplos que contextualizam as palavras de Jesus, conforme podemos ver em 1ª Coríntios 15: 51 e 52 :

15: 51 = Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados;

15: 52 = Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.

Como também em 1ª Tessalonicenses 4: 13 a 17 :

4: 13 = Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança.

4: 14 = Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com ele.

4: 15 = Dizemo-vos, pois, isto, pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem.

4: 16 = Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro.

4: 17 = Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.

Como também em Apocalipse 16: 15

“Eis que venho como ladrão. Bem-aventurado aquele que vigia, e guarda as suas roupas, para que não ande nu, e não se vejam as suas vergonhas.”(Apocalipse 16: 15 ) –

“Eis que venho como ladrão” – Não deixa dúvidas que se trata do Arrebatamento da IGREJA.

“Bem aventurado aquele que vigia” – Vigiar para não passar pela Grande Tribulação

“E guarda as suas roupas” – para não usar vestidos de pano de saco durante a Grande Tribulação ( Apocalipse 11: 3), conforme explicado para “As Duas Testemunhas de Apocalipse 11”, no Site.

Vestidas de pano de saco mostra, simbolicamente, a tristeza dos remanescentes Cristãos e Judeus Messiânicos – que não foram arrebatados; certamente chorarão lágrimas de arrependimento por não terem VIGIADO;

“Para que não ande nu” – se não usar o sinal da Besta não poderá trabalhar e negociar, etc , durante a Grande Tribulação (Apocalipse 13: 16 e 17 ), e se usar perderá a Salvação ( Apocalipse 14: 9 a 11 ).

“E não SE vejam as suas vergonhas” – não seja martirizado durante a Grande Tribulação ( Apocalipse 11: 7 ), conforme explicado para “As Duas Testemunhas de Apocalipse 11”; no Site.

“Eis que venho como ladrão” – Trata-se do Arrebatamento da IGREJA, mas que será antes do início da Grande Tribulação, e, que tem provocado interpretações de que o Arrebatamento será no meio da Grande Tribulação, em face de sua literalidade antes de Apocalipse 16: 16, que fala do Armagedom.

 

ENIGMÁTICO porque a Bíblia é um Livro enigmático e querer interpretá-la literalmente e querer interpretar um Enigma literalmente ( Números 12: 8 ).

Precisa ficar entendido que interpretar os textos bíblicos literalmente tem sido a causa de enganos e confusão:

Quando Jesus cita o relâmpago ( Raio) como Sinal de Sua Vinda para arrebatar a Sua Igreja, não está dizendo que será visível, e sim, que será como num piscar de olhos, contextualizada com as Profecias do Apóstolo Paulo ao afirmar que o Arrebatamento será num abrir e fechar de olhos ( Mateus 24: 27 ) ( 1ª Coríntios 15: 52 ), e mais, contextualizada com a afirmação de Apocalipse 3: 3 que mostra o Arrebatamento como a ação de um ladrão que age de forma inesperada e oculto;

Desta forma quem for Arrebatado verá o Arrebatador, porém os que ficarem, estes sim, não verão nada.

TRANSCENDENTAL porque O ARREBATAMENTO DA IGREJA, esse Evento Profético, Enigmático, deixará atônito o Mundo, pelas circunstâncias globalizadas que vivemos.

Imagine uma pessoa que esteja numa atividade envolvendo uma coletividade como um Motorista, um Piloto de aeronave, um Maquinista de trem, apenas como exemplos, e que sejam Arrebatados, juntamente com passageiros que estejam com seus nomes no Livro da Vida (Lucas 10: 20 ) ( Apocalipse 21: 27 );

Certamente ocorrerá uma tribulação de forma generalizada, dando apenas início ao que a Bíblia profetiza como uma Grande Tribulação;

Este detalhe é assunto para a Grande Tribulação que abordarei no próximo Artigo;

No momento estou apenas tratando do Arrebatamento da Igreja, como uma Profecia Enigmática que está prestes a se cumprir;

Um dos aspectos enigmáticos do Arrebatamento está caracterizado pelas opiniões Teológicas de que o Arrebatamento pode ser antes, no meio, ou no final da Grande Tribulação;

Muitas são as razões de que o Arrebatamento será antes da Grande Tribulação, como veremos a seguir e quando for tratado o assunto da Grande Tribulação;

POR QUE O ARREBATAMENTO SERÁ ANTES DA GRANDE TRIBULAÇÃO?

Nenhuma passagem Bíblica declara explicitamente que a Igreja passará pela Grande Tribulação.

ISRAEL, sim, está identificado com a Grande Tribulação, bem como, as Nações e os Cristãos não Arrebatados que formarão a Igreja Remanescente – Ver o Artigo “As duas Testemunhas de Apocalipse 11″, no Site.( Jeremias 30: 4 a 9 ) ( Daniel 12: 1 ) (  Mateus 24: 15 a 21 )

Não existe uma afirmação literal na Bíblia que O Arrebatamento será antes da Grande Tribulação, mas sim, enigmática.

PARA REFLEXÃO:

Na Tipologia Bíblica temos que TIPO é uma relação representativa pré-ordenada que certas pessoas, eventos, objetos e instituições têm com pessoas, eventos e instituições correspondentes que ocorrem numa época posterior na história da Salvação.

Símbolo Bíblico : Algum objeto material representando verdades espirituais;

A Arca de NOÉ  simbolizava a Presença do Poder de Deus no Anti-Tipo que pré-figurava o Salvador – Jesus;

Anti-Tipo é o cumprimento da pré-figuração ( Hebreus 9: 24 ) ( 1ª Pedro 3: 20 e 21 )

As palavras de Jesus em Mateus 24: 37 a 44, ao afirmar que assim como foi nos dias de NOÉ, assim também a de ser na Sua Vinda, TEM O SEGUINTE DISCERNIMENTO, e explica porque o arrebatamento será antes da Grande Tribulação;

1) NOÉ  e sua família pré-figurava, simbolicamente,  a Igreja de Cristo hoje;

2) NOÉ foi um Pregador da Justiça , da Salvação e do Juízo de Deus, no período antediluviano ( 1ª Pedro 2: 5 )

3) A Igreja de Cristo, hoje, é a responsável pela Pregação da Palavra de Deus para a Salvação do pecador, e Pregação de aviso do Juízo de DEUS  para esta Humanidade decadente (corrompida e violenta), como foi nos dias de Noé.

4) A ARCA pré-figurava, simbolicamente, a figura de JESUS;

5) NOÉ e sua Família pré-figurava, profeticamente e simbolicamente, a Igreja de Cristo, hoje;

6) DEUS manda NOÉ e Família entrarem na Arca e diz que após 7 (sete) dias iria iniciar o Dilúvio (Gênesis 7: 1 a 4 ) – Misteriosamente, Noé e Família ficaram 7 (sete) dias ESPERANDO, dentro da  Arca;

7) Os 7 (sete) dias pré-figurava, enigmaticamente e profeticamente, os 7(sete) anos da Igreja, no Tribunal de Cristo, no Céu ( 2ª Coríntios 5: 10 ) (1ª Coríntios 3: 10 a 17 ), única explicação teológica  para que NOÉ e Família ficassem 7 (sete) dias dentro da Arca, ESPERANDO, enigmaticamente, o Dilúvio;

8) A Igreja vai ficar 7 (sete) anos esperando passar a Grande Tribulação, no Tribunal de Cristo, onde estará recebendo o Galardão (individualmente), para depois voltar com o REI JESUS, que implantará o Reino Milenial ( Apocalipses 20: 6 );

9) O Dilúvio pré-figura a Grande Tribulação que vai acontecer após o Arrebatamento;

O Dilúvio não foi Mundial e sim Regional. Se Deus abriu o Mar Vermelho (Êxodo 14: 22) e o Rio Jordão (Josué 3: 16) criando uma barragem invisível para conter as águas, também fez para conter as águas durante o Dilúvio, inundando apenas a região do Crescente Fértil e adjacências, preservando as áreas cujos povos não mereciam ser atingido, no restante do Mundo. Ver o Artigo “Adão e a Origem das Raças”, no Site/Blog.

10) A ordem de Deus para entrar na Arca simboliza a ordem de Deus para o Arrebatamento da Igreja, antes da Grande Tribulação, profeticamente; ( Gênesis 7: 1 ). Não tenho dúvida de que existe enorme expectativa, no CÉU, para o cumprimento dessa Ordem. “O Enigma do Setenta” mostra o porquê.

11) A Arca ( Jesus ) com Noé e Família ( a Igreja ) sai da terra e sobe (flutua) – como em sentido ao céu – sem ser atingida (prejudicada) pelo Dilúvio;

12) A ARCA ( Jesus ) com NOÉ e Família ( a Igreja ) voltam a pisar na terra ao terminar o Dilúvio ( A Grande Tribulação ) ( Gênesis 8: 18 );

13) Profeticamente e enigmaticamente fica evidente que as palavras de Jesus ao se referir a Noé  mostra que a Igreja – Corpo de Cristo – será arrebatada para o Céu sem ser atingida pela Grande Tribulação e volta à Terra para Reinar com Cristo,  no Milênio ( Apocalipses 20: 6)

Assim como nos dias de NOÉ, o Dilúvio aconteceu após NOÉ entrar na ARCA, assim também, a Grande Tribulação acontecerá, após a Igreja – Corpo de Cristo – entrar no Céu (Tribunal de Cristo – 2ª Coríntios 5: 10), discernindo as Palavras de Jesus, em Mateus 24: 37 a 44).

PENSE NISSO:

Não é difícil imaginar como os habitantes da época de Noé sombaram da construção da ARCA, e principalmente pelo fato de Noé e sua família entrarem na ARCA e ficarem ESPERANDO os 7 dias passarem, no meio dos animais ( Gênesis 7: 1 a 4 );

Certamente foram 7 dias de sombaria, piadas, gozação e manifestações de ridicularização, em volta da Arca.

Bem ! a partir do 7º dia…acabaram-se as sombarias que transformaram-se em arrependimento…tardio.

Lamentavelmente, este episódio – ARREPENDIMENTO – vai se repetir muito em breve…

Como exemplo de que o Arrebatamento será antes da Grande Tribulação, vou citar também, por Exegese e Hermenêutica, a IGREJA de FILADÉLFIA, de Apocalipse 3: 10:

A Igreja de Filadélfia pré-figura, simbolicamente e profeticamente, os Salvos que não passarão pelo Juízo de Deus, como podemos contextualizar:

Apocalipse:

3: 10 = “Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei da hora da tentação que há de vir sobre todo o mundo, para tentar os que habitam na terra”.

Podemos discernir que se trata de uma Igreja Profética e Enigmática, e que aponta para os nossos dias;

A Igreja de Filadélfia, PROFETICAMENTE, e SIMBOLICAMENTE, pré-figura, entre as 7 (sete) Igrejas Apocalípticas, a Igreja que será Arrebatada, isto é, “como guardaste a minha Palavra e não negaste o meu nome”( Apocalipse 3: 8 ), e mais, “como guardaste a Palavra da minha paciência, também te guardarei da hora da tentação que há de vir sobre todo o mundo” (Apocalipse 3: 10 );

“HORA DA TENTAÇÃO”: Governo  do AntiCristo – não deixa dúvidas o sentido Profético;

DETALHE ENIGMÁTICO SOBRE AS SETE IGREJAS DE APOCALIPSE CAPÍTULO 2 E CAPÍTULO 3:

– A única que não sofre admoestação é a Igreja de Filadélfia;

– Todas as demais sofrem admoestações;

– Todas terminam com a expressão literal : ” ao que vencer “;

Não deixa dúvida a expressão ” ao que vencer “ tratar-se de INDIVIDUALIDADE, como parte, dos que compõem COLETIVIDADE CRISTÃ, estabelecida, na face do Planeta;

” AO QUE VENCER “, como parte  de COLETIVIDADES CRISTÃES, estabelecidas, na face do Planeta, e que comporão uma única COLETIVIDADE de ARREBATADOS e RESSUSCITADOS, no Céu.

A IGREJA DE FILADÉLFIA simboliza profeticamente o conjunto dos ressuscitados e arrebatados

Desta forma, podemos entender, pelas palavras de Jesus em Mateus 24: 37 a 44, que o Arrebatamento será de parte de pessoas que congregam formando o Corpo de Cristo, em Comunhão Religiosa através de Santa Ceia e Batismo em Águas, e não de Instituição Religiosa, como um todo;

RELIGIÃO = do Latim “RELIGARE” = RELIGAR = ATAR = RELIGADO COM DEUS.

PARA REFLEXÃO DE QUEM AINDA NÃO TOMOU POSIÇÃO E COMPROMISSO:

– Quem crer e for batizado será salvo; quem, porém, não crer será condenado = Marcos 16: 16.

A afirmação mais conclusiva sobre o significado da Santa Ceia está em João 6: 53 a 57 :

53 = Jesus, pois, lhes disse: Na verdade, na verdade vos digo que, se não comerdes a carne do Filho do homem, e não beberdes o seu sangue, não tereis vida em vós mesmos.

54 = Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia.

55 = Porque a minha carne verdadeiramente é comida, e o meu sangue verdadeiramente é bebida.

56 = Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele.

57 = Assim como o Pai, que vive, me enviou, e eu vivo pelo Pai, assim, quem de mim se alimenta, também viverá por mim.

O texto é tão claro e conclusivo, apesar de seu transcendentalismo, que dispensa qualquer explicação, além de deixar claro que a CARNE é simbolizada pelo PÃO, e o SANGUE, pelo VINHO;

CORPO DE CRISTO = Conjunto de congregados EM COMUNHÃO RELIGIOSA que têm o seu nome escrito no LIVRO da VIDA do CORDEIRO ( Lucas 10: 20 ) ( Apocalipse 20: 15 ) ( Apocalipse 21: 27 ) ( Apocalipse 3: 5 )

– O Arrebatamento será para os que guardam a Palavra  da Verdade;

– Será dos que compõem o verdadeiro Corpo de Cristo, segundo a Onisciência de Deus;

– O momento requer uma profunda reflexão por àqueles que estão à frente de um “Rebanho”;

O “Rebanho” precisa conhecer, entender e discernir a Palavra de Deus para não ser levado por “ventos de doutrinas”

 

“ventos de doutrinas” = ensinamentos destinados a formar “papagaios do sistema”, isto é, “sopra”, tão somente, na direção dos interesses do Sistema.

 

Não haverá “SEGUNDA CHAMADA” !!!

A CIDADE DE FILADÉLFIA

Cidade sob o domínio do Império Romano localizada na Ásia, na porção ocidental do que é hoje a Turquia Asiática;

Conforme acontecia com a maioria das Cidades daquela Área, Filadélfia estava dominada pela IDOLATRIA e pelo “culto ao Imperador”;

A distinção da Igreja de Filadélfia como uma Igreja ILIBADA – Perfeita – entre as Sete Igrejas Apocalípticas só tem sentido enigmático e profético diante das circunstâncias em que estava sujeita, como as outras SEIS  Igrejas;

Uma Igreja é constituída de pessoas, e considerar um conjunto de pessoas ILIBADAS, não tem sentido prático constante – permanente;

O exemplo de Judas Iscariotes serve como ilustração.

DETALHES PROFÉTICOS E ENIGMÁTICOS SOBRE A IGREJA DE FILADÉLFIA :

Apocalipse 3: 8 – “Eis que diante de ti pus uma porta aberta, e ninguém a pode fechar” – porta do Arrebatamento

Apocalipse 3: 9 – “Eis que farei que venham, e adorem prostrados a teus pés” – “Igreja” dos ressuscitados e arrebatados que vai Reinar com Cristo, única razão para ser adorada.

Apocalipse 3: 10 – “Também eu te guardarei da hora da tentação que há de vir sobre todo o mundo, para tentar os que habitam na terra”

– trata-se do Arrebatamento e em seguida o aparecimento do AntiCristo durante a Grande Tribulação

Apocalipse 3: 11 – “Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa”

Igreja que tem uma coroa é a “IGREJA” que vai Reinar com Cristo;

Individualmente trata-se de uma promessa de participação na “Corte” do Rei Jesus, durante o Milênio;

Apocalipse 3: 12 – “Ao que vencer eu o farei coluna no templo do meu Deus”

– Privilégio para o ressuscitado e o que for arrebatado e que vai reinar ( coluna ) eternamente com Cristo – profeticamente.

 

DETALHE ENIGMÁTICO E PROFÉTICO

Por que Jesus selecionou apenas 7 (sete) Igrejas, quando havia muitas outras?

Foram selecionadas 7 (sete) Igrejas, mas somente uma aprovada com a referência de não passar pela “hora da tentação”, porém com o detalhe da individualidade “ao que vencer”;

Não vejo exagero em interpretar que entre 7 (sete) membros do Corpo de Cristo, apenas 1 (um) estará aprovado no momento do transcendental Arrebatamento – “AO QUE VENCER”

Toda a Mensagem é profundamente enigmática e profética às SETE Igrejas e termina com uma confirmação sobre o principal objetivo do seu conteúdo: “ao que vencer” = Composição da “Igreja Celestial”:

Apocalipse 3: 21 e 22 :

3: 21 = Ao que vencer lhe concederei que se assente comigo no meu trono; assim como eu venci, e me assentei com meu Pai no seu trono.

3: 22 = Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.

A Mensagem enigmática e profética é para as Igrejas, mas dirigida ao Anjo da Igreja e tem sentido de chamar à atenção para a responsabilidade Ministerial, bem como, individualmente “ao que vencer”, em relação aos membros;

O Conjunto da Mensagem profunda, enigmática e profética apresenta um quadro que retrata o Sistema Religioso que vivemos. Ver “Ministérios Contaminados” e “Desobediência Sistemática”, no Site/Blog.

 

PARA REFLEXÃO :

As sete Igrejas são descritas com suas virtudes e imperfeições, em geral, enigmaticamente e profeticamente;

 

Apenas uma não sofre ADMOESTAÇÃO – a Igreja de Filadélfia;

 

Historicamente as Cidades onde estavam situadas as Igrejas Apocalípticas pertenciam ao domínio do Império Romano e sob influência da Idolatria e CORRUPÇÃO.

Considerando que a Igreja de Filadélfia representa entre as SETE,  a Igreja SÍMBOLO da perfeição, e, como não existe Igreja perfeita, logo,  podemos concluir que a Igreja de Filadélfia pré-figura profeticamente e enigmaticamente a Igreja dos ressuscitados e arrebatados, e, no computo geral entre SETE membros do Corpo de Cristo, profeticamente, APENAS (1) um SERÁ ARREBATADO, isto é, a relação entre membros em comunhão, no COMPUTO  Mundial , e o arrebatado, será de UM, para SETE ( 1/7 );

Detalhe que chama à atenção está na colocação literal quando Jesus cita que das 10 (dez) virgens, apenas 5 (cinco) estavam aptas, e, dois dormindo e dois trabalhando, apenas 1 (um) de cada 2(dois) estava apto, ao Reino dos Céus, numa proporção de 1/2; ( Mateus 25: 1 a 13 ) ( Lucas 17: 34 a 36 );

Jesus estava sendo direto e literal em relação àquele tempo;

Jesus ao fazer menção APENAS sobre 7 (sete) Igrejas em Apocalipse estava sendo Profético e Enigmático em relação ao Futuro Distante, mostrando que em 7 (sete) membros apenas 1 (um) estará Apto ao Reino dos Céus, quando do Arrebatamento, numa proporção de 1/7, em face de profética decadência espiritual, ao longo do tempo, e evidente afastamento de princípios fundamentais e indubitáveis da Palavra Divinamente Inspirada.

Quando acontecer o Arrebatamento, que marca o início da última semana profética de Daniel 9: 27, NÃO ser um arrebatado não implicará em ter perdido a Salvação, mas sim, perder a oportunidade de ficar livre da Morte e da Grande Tribulação, por não ter vigiado, conforme Mateus 25: 13 ;

“Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora” – Mateus 25: 13.

Precisa ficar entendido que a Igreja de Filadélfia NÃO simboliza profeticamente uma Denominação específica, mas sim, o conjunto de todos ressuscitados e arrebatados, e, que comporão a “Igreja Perfeita”, no Céu;

Precisa ficar entendido que ser simplesmente um Cristão não implica a garantia de ser um futuro arrebatado; Não confundir com o aspecto da Salvação;

Não estou apresentando uma opinião, e sim, interpretando um ENIGMA. O cenário Religioso, e o comportamento “moderno” dos fiéis, relativamente, isto é, sem generalizar, contextualizam com as Sete Igrejas de Apocalipse 2 e 3;

“Quem é Santo, santifique-se ainda” ( Apocalipse 22: 11 )

O ARREBATAMENTO E AS CRIANÇAS

De todos os Enigmas e Mistérios da Palavra de Deus o que mais mexe com a minha imaginação está relacionado com a situação dos “INOCENTES” e em particular, as crianças e sua pureza, segundo a Onisciência de Deus, em relação ao Reino dos Céus, conforme palavras enigmáticas de Jesus:

Mateus 19: 13 a 15

19: 13 = Trouxeram-lhe, então, alguns meninos, para que sobre eles pusesse as mãos, e orasse; mas os discípulos os repreendiam.

19: 14 = Jesus, porém, disse: Deixai os meninos, e não os estorveis de vir a mim; porque dos tais é o reino dos céus.

19: 15 = E, tendo-lhes imposto as mãos, partiu dali.

“…dos tais é o Reino dos Céus” = não há duvida que serão arrebatados

INOCENTES = Além das crianças em idade de pureza, àqueles segundo a Onisciência de Deus;

Consequentemente podemos afirmar que os “INOCENTES”, serão arrebatados e não passarão pela Grande Tribulação, o que vai gerar uma situação de pânico nos pais e responsáveis que ficarem;

Enquanto aqui os pais e responsáveis estarão em Grande Tribulação, os “INOCENTES”, misteriosamente, estarão em “Gozo Celeste”;

“Ai das que estiverem grávidas e das que amamentarem naqueles dias” – Mateus 24: 19 = Não tenho dúvidas em afirmar que se trata das mães (incautas) que gerarem filhos após o Arrebatamento, isto é, durante a Grande Tribulação de Sete anos – “naqueles dias”;

Quanto as GRÁVIDAS (Gestantes ) no momento do Arrebatamento não ouso fazer uma afirmação, porém acredito que mais esses “Inocentes” – misteriosamente – não passarão pela Grande Tribulação, logo, “ai das que estiverem grávidas e das que amamentarem naqueles dias”, referem-se ao período da Grande Tribulação, como um aviso.

 

PARA REFLEXÃO

Tomando como referência MARCOS 13: 1 a 37, notamos que JESUS foi profético e enigmático ao descrever os acontecimentos da destruição de cidade de Jerusalém, na mesma sequência em que profetiza o “princípio das dores” (Dores de Parto), “os falsos profetas”, “o arrebatamento” e a “Grande tribulação”, tudo aparentemente confuso em relação à época de seu cumprimento, mas enigmaticamente profético e esclarecedor na medida de seu cumprimento, como podemos discernir:

– A destruição de Jerusalém no Ano 70 pré-figura a Grande Tribulação;

– A saída dos Discípulos que compuseram a Igreja de Jerusalém antes de sua destruição, composta de Adultos e crianças, pré-figura a Igreja dos arrebatados antes da Grande Tribulação;

– As palavras Proféticas de Jesus envolvendo a Cidade de Jerusalém ao mesmo tempo em que aborda a Grande Tribulação tem sentido enigmático;

– Os acontecimentos que antecederam a destruição da Cidade, como a aproximação do Exército Romano, foi motivo de que os discípulos lembrassem as Palavras Proféticas de Jesus que quando vissem Jerusalém cercada de Exércitos, eles deveriam sair da cidade, pois seria a sua  destruição, muito bem entendido nos Evangelhos Sinóticos;

Desta forma podemos concluir que os Discípulos que formavam a Igreja de Jerusalém observaram e obedeceram as Palavras Proféticas de Jesus, pois não existe nenhum relato específico de que os Cristãos foram massacrados, junto com os mais de hum milhão e cem mil pessoas durante a destruição da Cidade pelos Romanos, sob o Comando do General Tito, em 70 DC. Flávio Josefo cita minúcias da destruição  envolvendo pessoas, mas nenhuma sobre os Cristãos. Ver o Artigo “SINAIS DE DEUS ANTES DE JUÍZO”, no Site/Blog;

A cidade de nome PELA situada na região de Decápolis e área do Rio Jordão É mencionada historicamente como a principal Cidade para onde os Cristãos, que saíram de Jerusalém antes de sua destruição, se refugiaram

Estou abordando este assunto sobre a Igreja de Jerusalém à época da destruição da Cidade, em 70 DC, para chamar à atenção de que estamos vivendo o segundo dado Profético caracterizado pelo “Enigma do Setenta”, isto é, não passará esta geração, como não passou, no primeiro dado Profético, das Palavras de Jesus, em Marcos 13: 30 , Mateus 24: 34, Lucas 21: 32;

Mateus 24: 34 – “Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que tudo aconteça”.

Salmos 90: 10 afirma que uma geração é de 70 anos;

“A duração da nossa vida é de SETENTA anos, e se alguns, pela sua robustez chegam a oitenta anos, o melhor deles é canseira e enfado, pois passa rapidamente, e nós voamos” = Salmos 90:10.

Israel estará completando 70 anos em 2018, e em 2011 estaremos a 7 anos dessa data, tempo que durará a Grande Tribulação, após o Arrebatamento da Igreja, assim sendo 2011 pode ser a data ou início da contagem iminente ( Não deixe de ler o Artigo “O ENIGMA DO SETENTA”, no Site/Blog );

DORES DE PARTO

 

As Dores de Parto da mulher são sinais de que a Criança está próxima de nascer e à medida que se aproxima o dia e a hora as dores aumentam de intensidade;

Na Tipologia Bíblica as “dores de parto” simbolizam as tragédias que assolam o Planeta numa escalada a cada ano maior mostrando que se aproxima o dia e a hora do Arrebatamento – o nascer de uma nova vida – individualmente.

Os Sinais Proféticos estão evidentes.

 

CONCLUSÃO

Diante do que tenho experimentado ao postar sobre a VOLTA DE JESUS, na Internet, ao publicar em folhetos e Livro, cheguei à seguinte conclusão:

1 – Quem achar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de Jesus a salvará (Lucas 13: 24) ( Mateus 10: 39 );

2 – Quem não tomar a sua cruz e seguir após Jesus, não é digno dEle ( Mateus 10: 38 );

3 – Porfiai por entrar pela porta estreita, porque eu vos digo que muitos procurarão entrar e não poderão = Lucas 13: 24;

4 – Aquele que não nascer de novo não pode ver o Reino de Deus ( João 3: 3 );

5 – Quem não participa da Santa Ceia Sistematicamente, e quem participa indignamente será culpado do corpo e do sangue do Senhor ( João 6: 53 ) ( 1ª Coríntios 11: 27 ).

6 – A Volta de Jesus é entendida por todos os que estudam sistematicamente a Bíblia;

7 – Entretanto apenas uma minoria deseja efetivamente e iminentemente a Sua Volta;

– Uma grande maioria está tão preocupada com suas realizações que desejam primeiro ter seus Projetos de Vida e Sonhos realizados;

8 – Muitos estão regalando-se com o padrão de vida, conforto, bem estar… a Volta de Jesus não interessa no momento, e nem é preocupação

9 – Não existe interesse em aprofundar-se na Escatologia da Volta de Jesus por falta de Mercado para o Assunto;

10 – Por maiores que sejam as evidências do cumprimento da Palavra de Deus sobre o Assunto, o mesmo não tem a devida divulgação na Mídia Evangélica;

11 – Na Internet fica evidente que uma considerável parcela não tem interesse em ler, principalmente quando se trata de assuntos extensos e que demandam esforços de pensamento; Estou na Internet desde 2005 e pude constatar através de críticas pela extensão dos meus Artigos;

12 – Sem generalizar, o mais desalentador está no desinteresse em divulgar por parte dos que tomam conhecimento;

13 – Tudo isto pode ser entendido pelas Palavras Proféticas e Enigmáticas de Jesus em Lucas 18: 8b :

 

“…quando vier o Filho do homem, achará porventura fé na Terra ? “

Esta pergunta JESUS faz após citar a Parábola do Juiz Iníquo numa alusão enigmática e profética sobre o dever de orar sempre e nunca desfalecer, e, conclui que Deus fará justiça aos “SEUS ESCOLHIDOS” que a Ele clamam dia e noite, embora pareça demorado em defendê-los; ( Lucas 18: 7 );

O “Juiz iníquo” é o Mundo com suas injustiças

 

” SEUS ESCOLHIDOS “ = Trata-se de uma minoria que querem e esperam a Volta de Jesus e que serão Arrebatados, por estarem em obediência à Palavra de Deus – por isso a expressão “escolhidos”, e não predestinados;

A frase chave da Parábola é : “quando VIER o Filho do homem” –  isto é, A 1ª VOLTA DE JESUS !!! – O Arrebatamento !!!

CONCLUSÃO FINAL

Para quem não tomou posição e compromisso sugiro a escolha de uma Igreja que tenha Batismo nas Águas e Santa Ceia, bem como, uma Escola Dominical organizada sob um Ministro.

” Porque muitos serão chamados, mas poucos escolhidos ” – Mateus 22: 14

Não vejo exagero em interpretar que o “Arrebatamento” será de 1 (um) para 7 (sete), conforme explicado anteriormente.

“Porque muitos serão chamados” = considerando sete pessoas como muitos;

 

“mas poucos escolhidos” = considerando 1 (um) entre sete, como poucos.

Eu – Onir Francisco Damas – estou esforçando-me para ser 1 (um), e VOCÊ?!

PENSE NISSO:

INDIFERENÇA E INGRATIDÃO

Sobre este Assunto acessar a Seção “O AUTOR”, no Site.

……………………………………………. X ……………………………………….

“Este Artigo é de inspiração posterior à Publicação do Livro anunciado”

Os Artigos do Site complementam assuntos do Livro.

Na hipótese de ser importante, SUGIRO A INDICAÇÃO  do Artigo e o SITE.

Próximos Assuntos a serem incluídos no Site, paulatinamente:

– O Enigma da Grande Tribulação

– O Profético Reino Milenial

– Etc

 

 

 

19 comentários para O PROFÉTICO E ENIGMÁTICO ARREBATAMENTO DA IGREJA

  • Arthur Caires Alcântara  disse:

    Gosteei muito das ideias do texto pois são bem claras!

  • José Anchieta  disse:

    Caríssimo irmão em Cristo, desculpe-me a intromissão mas a passagem bíblica “será levado um e deixado outro” não trata do arrebatamento, como muitos acreditam! Pesquise, estude e Deus lhe mostrará! Um abraço fraterno

    • Onir Francisco Damas  disse:

      Prezado José Anchieta

      Mateus

      24.36 Mas a respeito daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão o Pai.

      24.37 Pois assim como foi nos dias de Noé, também será a vinda do Filho do Homem.

      24.38 Porquanto, assim como nos dias anteriores ao dilúvio comiam e bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca,

      24.39 e não o perceberam, senão quando veio o dilúvio e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do Homem.

      24.40 Então, dois estarão no campo, um será tomado, e deixado o outro;

      24.41 duas estarão trabalhando num moinho, uma será tomada, e deixada a outra.

      24.42 Portanto, vigiai, porque não sabeis em que dia vem o vosso Senhor.

      24.43 Mas considerai isto: se o pai de família soubesse a que hora viria o ladrão, vigiaria e não deixaria que fosse arrombada a sua casa.

      24.44 Por isso, ficai também vós apercebidos; porque, à hora em que não cuidais, o Filho do Homem

      Apocalipse

      3.3 Lembra-te, pois, do que tens recebido e ouvido, guarda-o e arrepende-te. Porquanto, se não vigiares, virei como ladrão, e não conhecerás de modo algum em que hora virei contra ti.

      Apocalipse

      16.15 Eis que venho como vem o ladrão. Bem-aventurado aquele que vigia e guarda as suas vestes, para que não ande nu, e não se veja a sua vergonha.

      Diante dos textos e contextos eu não tenho dúvidas que se tratam do Arrebatamento!

      Fique na Paz de Jesus

      Onir

  • Luiz Henrique  disse:

    Prezado Irmão Onir
    Bom dia espero que estejas bem, Irmão Gostaria de saber se os 144 mil que serão comprados por Deus como primicias, de apoc 7-8 o arrebatamento será somente para eles? que são da doze tribo de israel.
    Ou sera um arrebatamento mundial.
    Não tenho duvidas de que nosso senhor esta voltando, mas como vc mesmo ja me ensinou a segredos que Deus nao revela a ninguem. Abraço, espero um dia conhece lo pessoalmente.
    Paz de nosso Senhor Jesus.
    Luiz Henrique

    • Onir Francisco Damas  disse:

      Prezado Luiz Henrique

      Este ASSUNTO está postado no Artigo “O ENIGMA DOS 144 MIL”, no Site;

      Abaixo estou reproduzindo parte do Artigo sobre “PRIMÍCIAS;

      SEGUNDA EXPRESSÃO ENIGMÁTICA = ( Apocalipse 14: 1 a 5 )

      Os 144 Mil que foram comprados da Terra, devidamente identificados, referem-se aos GENTIOS CRISTÃOS ( demais povos não Judeus );

      COMPRADOS DA TERRA quer dizer comprados com o Sangue de Jesus;

      Como explicado para os Judeus, trata-se de uma Profecia enigmática :

      144 Mil é uma expressão numérica que partindo de 12, multiplicou-se por 12 , por mil, por milhares, e milhões ao longo do tempo, e, continua multiplicando-se, como Processo de Multiplicação;

      Ex : 12 x 12 x mil (milhares ) (milhões)…

      O termo especificando que não se contaminaram com mulher é uma referência especial para uma parcela de Cristãos SALVOS que não foram FORNICÁRIOS, e NÃO que mulher contamina, logicamente. Trata-se, enigmaticamente, de pessoas especiais que se consagraram durante a vida em Cristo;

      REFLITA nas afirmações de JESUS em Mateus 19: 12, e do Apóstolo Paulo em 1ª Coríntios 7: 7 a 9

      Mateus 19:

      19: 12 “Porque há eunucos que assim nasceram do ventre da mãe; e há eunucos que foram castrados pelos homens; e há eunucos que se castraram a si mesmos, por causa do reino dos céus. Quem pode receber isto, receba-o”. – palavras de Jesus

      1ª Coríntios 7: 7 a 9 – palavras do Apóstolo Paulo:

      7:7 Porque quereria que todos os homens fossem como eu mesmo; mas cada um tem de Deus o seu próprio dom, um de uma maneira e outro de outra.

      7:8 Digo, porém, aos solteiros e às viúvas, que lhes é bom se ficarem como eu.

      7:9 Mas, se não podem conter-se, casem-se. Porque é melhor casar do que abrasar-se.

      FORNICAÇÃO : Somente quem não consegue dominar plenamente este impulso e prática sexual, sabe avaliar a afirmação da referência em questão, sobre os considerados PRIMÍCIAS.

      Toda esta passagem Bíblica de Apocalipse 14: 1 a 5 mostra que os 12 Apóstolos, que eram Judeus, converteram ao cristianismo, PELO DISCIPULADO, além de JUDEUS conforme Apocalipse 7: 4 a 8, também NÃO JUDEUS (Gentios), que multiplicaram-se, isto é, os 12 ganharam, não Judeus (Gentios ), que multiplicaram-se em MILHARES (MILHÕES ); e continuam multiplicando-se.

      DETALHE ENIGMÁTICO E DIFERENCIADOR DE APOCALIPSE 14: 4 – “ESTES”

      14:4 Estes são os que não estão contaminados com mulheres; porque são virgens. Estes são os que seguem o Cordeiro para onde quer que vá. Estes são os que dentre os homens foram comprados como primícias para Deus e para o Cordeiro.

      “Estes são os que não estão contaminados com mulheres; porque são virgens”

      “Estes são os que seguem o Cordeiro para onde quer que vá”.

      “Estes são os que dentre os homens foram comprados como primícias para Deus e para o Cordeiro”

      A terceira afirmação está concluindo que as duas primeiras são consideradas PRIMÍCIAS para Deus, num dos mais lindo SILOGISMO TEOLÓGICO;

      O tratamento para os Salvos nessas circunstâncias é de uma grandeza incomensurável, somente comparada com os MÁRTIRES citados de forma clara em Apocalipses 7: 9 a 16.

      MÁRTIRES : todos os que ao longo da História foram sacrificados mortalmente por amor ao Evangelho e a Jesus, como os sacrificados pelos Romanos, bem como, Missionários sacrificados em países não cristãos, entre TANTOS outros exemplos, e, os que na Grande Tribulação serão sacrificados por NÃO usar o Sinal da Besta ( Apocalipse 13: 15 ) ( Apocalipse 20: 4 ).

      Luiz, Primícias são Salvos especiais, incluidos entre todos os demais Salvos incluidos entre os enigmátocos 144 mil ;

      Preste atenção no Artigo em que eu explico que 144 mil não é uma quantidade exata; Releia o Artigo dos 144 MIL; Se persistir a dúvida volte ao Assunto

      Fique na Paz de Jesus

      Onir

  • JURANDI  disse:

    Olá prezado,
    li quase todos os temas escrito por você, adimirei-me de quanta sabedoria lhe foi dispensada que ns leva a ser iluminados em muitas duvidas que pairava em nossos entendimentos.
    Gostaria que se possivel esclarecesse sobre centenas de passagens consernentes a guarda so sabado desde a criação do mundo até o ponto em que o propio DEUS com seu dedo escreve como quarto mandamento que lembrassemos deste dia para o santificar.
    Abraços

    Jurandi Martins

    • Onir Francisco Damas  disse:

      Prezado Irmão Jurandi

      Quanto ao Sábado como Dia do Senhor é uma questão de interpretação Literal e não enigmática, conforme Números 12:8;

      Eu creio que Deus pela Sua Onisciência e Presciência não iria Radicalizar o dia de Sábado como dia de Descanso quando hoje o Mundo Globalizado tem o Domingo como o Dia de Descanso do Trabalho;

      Por que entendo o Dia do Senhor como uma questão Enigmática?

      Porque Deus descansou no Sétimo Dia, logo, pode ser no Sábado ou outro dia qualquer;

      Precisa ficar entendido que Deus se refere ao Sétimo Dia acontecido no Enigmático e Transcendental Período Edênico;

      Os Judeus adotaram o Sábado. Os Mulçumanos a Sexta Feira. Os Cristãos o Domingo.

      Ver o Artigo “O Enigma do Judaísmo, Islamismo e Cristianismo”, bem como, o Artigo “A Parábola do Fermento”, no Site;

      Precisa ficar entendido que essas três RELIGIÕES têm origem em Abraão, e todas têm Promessas de Deus em Abraão, logo, Deus não deixou um Dia específico de Adoração, e sim, Enigmático, conforme Números 12: 8;

      Entendeu o porquê de Deus se referir apenas ao Sétimo Dia, sem especificar o Dia, em Gênesis 2: 1 a 3;

      Precisa ficar entendido que os Dias da Criação não são Literais, cronologicamente;

      Quanto ao Quarto Mandamento de Deus, tem por objetivo a importância de um dia da Semana de Adoração a Deus, que na época de sua implantação ficou estabelecido o Sábado do Calendário dos Judeus – Povo escolhido à Época;

      O Domingo como Dia do Senhor, ou outro qualquer dia não contraria a Palavra de Deus neste aspecto, pois, Jesus disse que tudo o que ligares na Terra será ligado no Céu, logo, Ligar é questão de DOGMA RELIGIOSO; Considerando o aspecto Enigmático contextualizado nas ESCRITURAS Sagradas, e não Heresias;

      RELIGIÃO = do Latim “RELIGARE” = RELIGAR = ATAR = RELIGADO COM DEUS.

      DOGMA = Ponto fundamental e indiscutível de uma Doutrina

      Como o Dia do Senhor se trata de um Dogma a Doutrina do Dia de Adoração fica a depender de condições da Lei do País, que no Mundo Globalizado tem o Domingo como dia de Descanso do Trabalho e conseqüentemente é formalmente aceito como o Dia do Senhor pelas Denominações Evangélicas, por Exemplo;

      Não devemos esquecer o quê a Bíblia diz sobre respeitar as Leis e Autoridades, bem como, Orar por eles;

      Radicalizar o Sábado como o Dia do Senhor tem sido o motivo de muitas dificuldades para os Membros de Igrejas que o adotam, em relação às Leis do País;

      Deus, Onisciente e Presciente não radicalizou, considerando os aspectos Sociais, Econômicos, Políticos, e Leis, entre outros, de uma Nação

      Quanto ao discutido “Decreto Dominical”, pelo Papa, só encontra respaldo para a Religião Católica Romana, e não tem sentido para os Judeus e Evangélicos, conforme explicado sobre Doutrina e Dogma;

      Quanto ao Anticristo, como tudo indica que será de descendência Judaica, não será novidade, que juntamente com o Bio-Chip, ele decrete o Sábado como o Dia de Obrigatoriedade de adoração a ele, e não a Deus. Ver o Artigo “O Anticristo”, no Site;

      Quanto ao Arrebatamento dos SALVOS com o Nome no Livro da Vida, não tenho dúvidas que está muito próximo de acontecer, pois os SINAIS eu deixo evidente nos meus Artigos sobre o Assunto;

      Espero ter atendido suas expectativas;

      Fique na Paz de Jesus

      Onir

  • Cristina Santos  disse:

    Gostei do seu artigo. Muito bom. Que Deus te abençôe. Esperamos ansiosamente pela vinda de Jesus.

    • Onir Francisco Damas  disse:

      Prezada Cristina
      Obrigado pelo contato e pelas palavras abençoadoras.
      Foque na Paz de Jesus.
      Onir

  • JAMES CARTONILHO  disse:

    Quanto ao Quarto Mandamento de Deus, tem por objetivo a importância de um dia da Semana de Adoração a Deus, que na época de sua implantação ficou estabelecido o Sábado do Calendário dos Judeus – Povo escolhido à Época

    não entendo , não entendo mesmo!!! o sábado é o sétimo dia do nosso calendário, e o Eterno falou com moisés para dizer ao povo para adora´-lo no 7º dia(sábado no nosso calendário)tudo bem que a lei era mosaica, mas o dizmo!!! também era uma lei paras os judeus , porque então não se aboliu com os tempos da graça?

    • Onir Francisco Damas  disse:

      Prezado James

      Estou respondendo o seu questionamento transcrevendo uma matéria que já foi postada em Comentário que reproduzo a seguir:

      ” O DIA DO SENHOR

      Quanto ao Sábado, para os que o adotam, como Dia do Senhor é uma questão de interpretação Literal e não enigmática, conforme Números 12:8;

      Eu creio que Deus pela Sua Onisciência e Presciência não iria Radicalizar o dia de Sábado como dia de Descanso quando hoje o Mundo Globalizado tem o Domingo como o Dia de Descanso do Trabalho;

      Por que entendo o Dia do Senhor como uma questão Enigmática?

      Porque Deus descansou no Sétimo Dia, logo, pode ser no Sábado ou outro dia qualquer;

      Precisa ficar entendido que Deus se refere ao Sétimo Dia acontecido no Enigmático e Transcendental Período Edênico;

      Os Judeus adotaram o Sábado. Os Mulçumanos a Sexta Feira. Os Cristãos o Domingo.

      Ver o Artigo “O Enigma do Judaísmo, Islamismo e Cristianismo”, bem como, o Artigo “A Parábola do Fermento”, no Site;

      Precisa ficar entendido que essas três RELIGIÕES têm origem em Abraão, e todas têm Promessas de Deus em Abraão, logo, Deus não deixou um Dia específico de Adoração, e sim, Enigmático, conforme Números 12: 8;

      Entendeu o porquê de Deus se referir apenas ao Sétimo Dia, sem especificar o Dia, em Gênesis 2: 1 a 3;

      Eu ouso acrescentar o seguinte:

      Deus na sua Bondade, Amor e Misericórdia está retardando a Ação de Sua Justiça de Juízo sobre essa Humanidade em Função de que os Mulçumanos o Adoram na Sexta Feira;

      Os Judaizantes o Adoram no Sábado;

      Os Cristãos o Adoram no Domingo;

      Entendeu?!

      Precisa ficar entendido que os Dias da Criação não são Literais, cronologicamente;

      Quanto ao Quarto Mandamento de Deus, tem por objetivo a importância de um dia da Semana de Adoração a Deus, que na época de sua implantação ficou estabelecido o Sábado do Calendário dos Judeus – Povo escolhido à Época;

      O Domingo como Dia do Senhor, ou outro qualquer dia não contraria a Palavra de Deus neste aspecto, pois, Jesus disse que tudo o que ligares na Terra será ligado no Céu, logo, Ligar é questão de DOGMA RELIGIOSO; Considerando o aspecto Enigmático contextualizado nas ESCRITURAS Sagradas, e não Heresias;

      RELIGIÃO = do Latim “RELIGARE” = RELIGAR = ATAR = RELIGADO COM DEUS.

      DOGMA = Ponto fundamental e indiscutível de uma Doutrina

      Como o Dia do Senhor se trata de um Dogma a Doutrina do Dia de Adoração fica a depender de condições da Lei do País, que no Mundo Globalizado tem o Domingo como dia de Descanso do Trabalho e conseqüentemente é formalmente aceito como o Dia do Senhor pelas Denominações Evangélicas, por Exemplo;

      Não devemos esquecer o quê a Bíblia diz sobre respeitar as Leis e Autoridades, bem como, Orar por eles;

      Radicalizar o Sábado como o Dia do Senhor tem sido o motivo de muitas dificuldades para os Membros de Igrejas que o adotam, em relação às Leis do País; São muitos os casos nas Forças Armadas, por exemplo;

      Deus, Onisciente e Presciente não radicalizou, considerando os aspectos Sociais, Econômicos, Políticos, e Leis, entre outros, de uma Nação

      Quanto ao discutido “Decreto Dominical”, pelo Papa, só encontra respaldo para a Religião Católica Romana, e não tem sentido para os Judeus e Evangélicos, conforme explicado sobre Doutrina e Dogma;

      Quanto ao Anticristo, como tudo indica que será de descendência Judaica, não será novidade, que juntamente com o Bio-Chip, ele decrete o Sábado como o Dia de Obrigatoriedade de adoração a ele, e não a Deus. Ver o Artigo “O Anticristo”, no Site;

      Quanto ao Arrebatamento dos SALVOS com o Nome no Livro da Vida, não tenho dúvidas que está muito próximo de acontecer, pois os SINAIS eu deixo evidente nos meus Artigos sobre o Assunto;

      Espero ter atendido as expectativas;

      Fique na Paz de Jesus

      Onir

  • Valquiria  disse:

    fiquei maravilhada com esse estudo, e muito temerosa também quero ser a 1 também, porém parece que por mais que eu queria fazer o que é certo como estar sempre na casa de Deus, orar de joelhos, jejuar eu não consigo embora eu estou conversando com Deus em todo o momento, mais me preocupo muito e peço a Deus que me ajude pois quero reinar com Ele me oriente por favor eu trabalho tenho tenho filhos a minha mais velha é batizada e não participa da ceia fico triste mais ela não quer ouvir é caseira, porém namora o do meio é uma benção e o bebe esse esta nas mãos do Pai um grande abraço e irei indicar seus artigos realmente maravilhoso #sesentindoabençoada

    • Onir Francisco Damas  disse:

      Prezada Valquiria

      Não tenho o que lhe orientar, se você tem propósito de jejum e oração e está em comunhão na Igreja participando da Santa Ceia;

      Procure usar o tempo e os talentos que possue fazendo a Obra do Senhor com Sabedoria;

      Fique na Paz de Jesus.

      Onir

  • RENATO  disse:

    Prezado Onir! Poderia me responder se para os arrebatados haverá julgamento?

    Desde já agradeço. Parabéns pela sua obra e que Deus abra seus caminhos e pensamentos para que possa continuar a nos brindar com ensinamentos bíblicos.

    Paz de Deus!

    • Onir Francisco Damas  disse:

      Prezado Renato

      O texto a seguir eu tirei do Artigo O ENIGMA DA GRANDE TRIBULAÇÃO, no Site:

      “7) Os 7 (sete) dias pré-figurava, enigmaticamente e profeticamente, os 7(sete) anos da Igreja, no Tribunal de Cristo, no Céu ( 2ª Coríntios 5: 10 ) (1ª Coríntios 3: 10 a 17 ), única explicação teológica para que NOÉ e Família ficassem 7 (sete) dias dentro da Arca, ESPERANDO, enigmaticamente, o Dilúvio;

      Precisa ficar entendido que os sete dias em que Noé e sua Família (IGREJA ) ficam na Arca (Jesus), pré-figura o tempo de 7 anos que A IGREJA estará com Cristo;

      8) A Igreja vai ficar 7 (sete) anos esperando passar a Grande Tribulação, no Tribunal de Cristo, onde estará recebendo o Galardão (individualmente), para depois voltar com o REI JESUS, que implantará o Reino Milenial ( Apocalipses 20: 6 );”

      Os Arrebatados não serão julgados, mas sim avaliados para receberem Prêmio e Galardão;

      Procure ler mais Artigos

      Onir

  • Cesar  disse:

    Onir, vc acredita que o arrebatamento será com ou sem corpos? Nossos corpos sumirão ou apenas nossas almas, e o corpo ficando como se estivessemos mortos?

    Obrigado

    Cesar

    • Onir Francisco Damas  disse:

      Prezado Cesar

      Todas as referências bíblicas mostram que no Arrebatamento as Pessoas Arrebatadas subirão com seus corpos, porém misteriosamente esses Corpos serão transformados em Corpos Gloriosos, conforme 1ª Coríntios 15: 52.

      Fique na Paz de Jesus.

      Onir

  • debora  disse:

    saudações em cristo

    o que tem haver os 70 anos que israel fara como nação em 13/06/2018 com o rapto da igreja?

    se fosse verdade o arrebatamento da igreja ja teria ocorrido,visto que somando o ano de 1948+70 anos daria= ano 2018.2018 – 7 anos do periodo tribulacionista,daria=2011 anos .ja se passou o ano de 2011 e o arrebatamento da igreja não ocorreu e ai como que fica?

    por ventura agora o arrebatamento da igreja ocorrera até o dia 13/06/2018? e se caso passar desta data e o rapto da igreja não ocorrer e ai como que fica? visto que os estudiosos da biblia afirmam que uma geração judaica/israelita é de 70 anos.

    a paz do senhor

    • Onir Francisco Damas  disse:

      Prezada Débora

      Seu questionamento sobre o Arrebatamento está no Artigo “O ENIGMÁTICO E PROFÉTICO NÚMERO 11”, porém em um Comentário.

      Quanto a citada geração de Salmos 90: 10 fala em 70 anos, porém pode chegar a 80 anos, logo, é ter paciência para esperar e se preparar para partir;

      Fique na Paz de Jesus.

      Onir

Comente

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>