RAABE E OS ESPIAS DE ISRAEL

INTRODUÇÃO

Quando lemos a Bíblia e deparamos com o episódio da Queda dos Muros e da Destruição da Cidade de Jericó e todo um conjunto sobrenatural de acontecimentos envolvendo  procedimentos ditados por Deus, precisamos conhecer, entender a Palavra de Deus, que depende de esforço humano, e pedir Discernimento que é Dom dado por Deus, conforme 1ª Coríntios 12: 10:

1 Coríntios

12.10   a outro, operações de milagres; a outro, profecia; a outro, discernimento de espíritos; a um, variedade de línguas; e a outro, capacidade para interpretá-las.

Deus tem suas maneiras de nos despertar para a Sua Palavra Enigmática e Misteriosa quando nem estamos pensando em determinado Assunto, como o episódio ENVOLVENDO a participação de uma mulher – RAABE – na Queda dos Muros e destruição da Cidade de Jericó;

Este Artigo foi motivado por um Leitor do Site com as seguintes palavras:

“gostaria de compartilhar de vossa visão sôbre Raabe…desde já grato”

RAABE E OS ESPIAS DE ISRAEL

Uma reflexão para quem  ainda tem dúvidas a respeito da Bíblia como um Livro Enigmático, por Excelência de Deus.

Almeida Revista e Atualizada

Josué

2.1   De Sitim enviou Josué, filho de Num, dois homens, secretamente, como espias, dizendo: Andai e observai a terra e Jericó. Foram, pois, e entraram na casa de uma mulher prostituta, cujo nome era Raabe, e pousaram ali.

2.2   Então, se deu notícia ao rei de Jericó, dizendo: Eis que, esta noite, vieram aqui uns homens dos filhos de Israel para espiar a terra.

2.3   Mandou, pois, o rei de Jericó dizer a Raabe: Faze sair os homens que vieram a ti e entraram na tua casa, porque vieram espiar toda a terra.

2.4   A mulher, porém, havia tomado e escondido os dois homens; e disse: É verdade que os dois homens vieram a mim, porém eu não sabia donde eram.

2.5   Havendo-se de fechar a porta, sendo já escuro, eles saíram; não sei para onde foram; ide após eles depressa, porque os alcançareis.

2.6   Ela, porém, os fizera subir ao eirado e os escondera entre as canas do linho que havia disposto em ordem no eirado.

2.7   Foram-se aqueles homens após os espias pelo caminho que dá aos vaus do Jordão; e, havendo saído os que iam após eles, fechou-se a porta.

2.8   Antes que os espias se deitassem, foi ela ter com eles ao eirado

2.9   e lhes disse: Bem sei que o SENHOR vos deu esta terra, e que o pavor que infundis caiu sobre nós, e que todos os moradores da terra estão desmaiados.

2.10   Porque temos ouvido que o SENHOR secou as águas do mar Vermelho diante de vós, quando saíeis do Egito; e também o que fizestes aos dois reis dos amorreus, Seom e Ogue, que estavam além do Jordão, os quais destruístes.

2.11   Ouvindo isto, desmaiou-nos o coração, e em ninguém mais há ânimo algum, por causa da vossa presença; porque o SENHOR, vosso Deus, é Deus em cima nos céus e embaixo na terra.

2.12   Agora, pois, jurai-me, vos peço, pelo SENHOR que, assim como usei de misericórdia para convosco, também dela usareis para com a casa de meu pai; e que me dareis um sinal certo

 2.13   de que conservareis a vida a meu pai e a minha mãe, como também a meus irmãos e a minhas irmãs, com tudo o que têm, e de que livrareis a nossa vida da morte.

2.14   Então, lhe disseram os homens: A nossa vida responderá pela vossa se não denunciardes esta nossa missão; e será, pois, que, dando-nos o SENHOR esta terra, usaremos contigo de misericórdia e de fidelidade.

 “misericórdia e fidelidade”  são Atributos de Deus que  tocaram o Coração de Deus.

2.15   Ela, então, os fez descer por uma corda pela janela, porque a casa em que residia estava sobre o muro da cidade.

2.16   E disse-lhes: Ide-vos ao monte, para que, porventura, vos não encontrem os perseguidores; escondei-vos lá três dias, até que eles voltem; e, depois, tomareis o vosso caminho.

2.17   Disseram-lhe os homens: Desobrigados seremos deste teu juramento que nos fizeste jurar,

2.18   se, vindo nós à terra, não atares este cordão de fio de escarlata à janela por onde nos fizeste descer; e se não recolheres em casa contigo teu pai, e tua mãe, e teus irmãos, e a toda a família de teu pai.

2.19   Qualquer que sair para fora da porta da tua casa, o seu sangue lhe cairá sobre a cabeça, e nós seremos inocentes; mas o sangue de qualquer que estiver contigo em casa caia sobre a nossa cabeça, se alguém nele puser mão.

2.20   Também, se tu denunciares esta nossa missão, seremos desobrigados do juramento que nos fizeste jurar.

2.21   E ela disse: Segundo as vossas palavras, assim seja. Então, os despediu; e eles se foram; e ela atou o cordão de escarlata à janela.

“escarlata” = o cordão de escarlata pré-figurava o Sangue de Jesus;

2.22   Foram-se, pois, e chegaram ao monte, e ali ficaram três dias, até que voltaram os perseguidores; porque os perseguidores os procuraram por todo o caminho, porém não os acharam.

2.23   Assim, os dois homens voltaram, e desceram do monte, e passaram, e vieram a Josué, filho de Num, e lhe contaram tudo quanto lhes acontecera;

2.24   e disseram a Josué: Certamente, o SENHOR nos deu toda esta terra nas nossas mãos, e todos os seus moradores estão desmaiados diante de nós.

Almeida Revista e Atualizada

Josué

6.17   Porém a cidade será condenada, ela e tudo quanto nela houver; somente viverá Raabe, a prostituta, e todos os que estiverem com ela em casa, porquanto escondeu os mensageiros que enviamos.

6.21   Tudo quanto na cidade havia destruíram totalmente a fio de espada, tanto homens como mulheres, tanto meninos como velhos, também bois, ovelhas e jumentos.

6.22   Então, disse Josué aos dois homens que espiaram a terra: Entrai na casa da mulher prostituta e tirai-a de lá com tudo quanto tiver, como lhe jurastes.

6.23   Então, entraram os jovens, os espias, e tiraram Raabe, e seu pai, e sua mãe, e seus irmãos, e tudo quanto tinha; tiraram também toda a sua parentela  e os acamparam fora do arraial de Israel.

Preste Atenção:  “e os acamparam fora do arraial de Israel.”

6.24   Porém a cidade e tudo quanto havia nela, queimaram-no; tão-somente a prata, o ouro e os utensílios de bronze e de ferro deram para o tesouro da Casa do SENHOR.

6.25   Mas Josué conservou com vida a prostituta Raabe, e a casa de seu pai, e tudo quanto tinha; e habitou no meio de Israel até ao dia de hoje, porquanto escondera os mensageiros que Josué enviara a espiar Jericó.

Preste atenção = “e habitou no meio de Israel até ao dia de hoje”

6.26   Naquele tempo, Josué fez o povo jurar e dizer: Maldito diante do SENHOR seja o homem que se levantar e reedificar esta cidade de Jericó; com a perda do seu primogênito lhe porá os fundamentos e, à custa do mais novo, as portas.

6.27   Assim, era o SENHOR com Josué; e corria a sua fama por toda a terra.

Hebreus

11.31   Pela fé, Raabe, a meretriz, não foi destruída com os desobedientes, porque acolheu com paz aos espias.

Tiago

2.25   De igual modo, não foi também justificada por obras a meretriz Raabe, quando acolheu os emissários e os fez partir por outro caminho?

Analisando os Textos referente  à  RAABE podemos chegar ao seguinte raciocínio:

Raabe e sua Família foram salvas  pela  Misericórdia, Bondade, Fidelidade  e Justiça Divina;

Preste atenção nas palavras de Raabe:

– “Bem sei que o Senhor vos deu esta terra” – Josué 2: 8

– “Porque temos ouvido que o Senhor secou as águas do Mar Vermelho diante de vós, quando saístes do Egito” Josué 2: 10

– “porque o Senhor vosso Deus é Deus em cima no céu e embaixo na terra” – Josué 2: 11

– “Agora pois, peço-vos, jurai-me pelo Senhor que, como usei de bondade para convosco, vós também usareis de bondade para com a casa e meu pai; e dai-me um sinal seguro, de que conservareis em vida meu pai e minha mãe, como também meus irmãos e minhas irmãs, com todos os que lhes pertencem, e de que livrareis da morte as nossas vidas.” – Josué 2: 12 a 13

 “bondade” = neste ponto podemos verificar que Raabe usa a palavra “bondade” que é um Atributo de Deus, com reflexos na nossa humanidade; Raabe tocou em Deus através de um de Seus Atributos no momento certo e na hora certa;

Como os espias já haviam se pronunciado sobre a Misericórdia e Fidelidade que são também atributos de DEUS a Justiça Divina concluiu pela Salvação;

Preste Atenção que Raabe não somente alcançou o favor Divino do livramento de morte, como também foi enxertada na Genealogia do Povo Judeu conforme nos mostra as referências a seguir, e que eu cito apenas a parte que mostra a inclusão de Raabe:

Almeida Revista e Atualizada

Josué

6.25   Mas Josué conservou com vida a prostituta Raabe, e a casa de seu pai, e tudo quanto tinha; e habitou no meio de Israel até ao dia de hoje, porquanto escondera os mensageiros que Josué enviara a espiar Jericó.

Mateus

1.4   Arão gerou a Aminadabe; Aminadabe, a Naassom; Naassom, a Salmom;

1.5   Salmom gerou de Raabe a Boaz; este, de Rute, gerou a Obede; e Obede, a Jessé;

1.6   Jessé gerou ao rei Davi; e o rei Davi, a Salomão, da que fora mulher de Urias;

Preste Atenção que numa deferência toda especial,  Deus inspirou ao Escritor a citação de Raabe no contexto da Genealogia em questão, quando era costume apenas a citação do pai;

A continuação de Mateus Capítulo Um mostra a genealogia de Abraão até Jesus Cristo, citando o nome de Raabe como mãe de Boaz que através de Rute gerou a Obede, que gerou a Jessé, pai de Davi;

No meu entendimento a participação de Raabe no contexto Bíblico tem sentido de Figura Profética para a Igreja de Cristo;

A Igreja de Cristo está enxertada como Oliveira Brava na Oliveira Verdadeira que é Israel,  pelo Amor, Bondade e Misericórdia de Deus, porque acreditou e acredita na Salvação em Cristo Jesus;

A expressão “crê em Jesus Cristo e serás Salvo tu e tua CASA” tem sentido com o que aconteceu com Raabe que creu e salvou também todos os seus familiares; (  Atos 16: 31    )

Raabe creu, se humilhou, reconheceu seu estado pecaminoso,  e foi enxertada na genealogia de Israel e na linha direta de Jesus Cristo;

Detalhe aparentemente natural do ponto de observação humana esconde nas Escrituras Sagradas Enigmas como é o caso de uma Pecadora de nome Raabe que acreditou no Deus dos Judeus como comprovam suas palavras em Josué  2: 8 a 12, já postado acima, que para um perfeito entendimento eu uso de prolixidade:

– “Bem sei que o Senhor vos deu esta terra” – Josué 2: 8

– “Porque temos ouvido que o Senhor secou as águas do Mar Vermelho diante de vós, quando saístes do Egito” Josué 2: 10 –

– “porque o Senhor vosso Deus é Deus em cima no céu e embaixo na terra” – Josué 2: 11

– “Agora pois, peço-vos, jurai-me pelo Senhor que, como usei de bondade para convosco, vós também usareis de bondade para com a casa e meu pai; e dai-me um sinal seguro, de que conservareis em vida meu pai e minha mãe, como também meus irmãos e minhas irmãs, com todos os que lhes pertencem, e de que livrareis da morte as nossas vidas.” – Josué 2: 12 a 13

Raabe pelo seu Testemunho a respeito do que tinha tomado conhecimento sobre o Deus de Israel somente precisava de uma oportunidade para aceitá-lO como o seu Deus;  A oportunidade apareceu e ela tomou posse da Bênção;

Você que está lendo este Artigo se ainda não aceitou o Deus de Raabe, não deixe de aproveitar a oportunidade!

RAABE E SUA FAMÍLIA COMO FIGURA DA IGREJA DE CRISTO

Raabe e sua família foram Salvas pelo símbolo de um Cordão Escarlate que no episódio pré-figura o Sangue Escarlate de Jesus;

Raabe e sua família em conjunto são Salvas  da Grande Tribulação que se abateu sobre a Cidade de Jericó, assim como a Igreja de Cristo como um conjunto será Arrebatada e Salva da Grande Tribulação que se abaterá sobre a Humanidade;

Raabe, uma pecadora que se converte ao Judaísmo, com sua família,  são enxertados na Oliveira Verdadeira – ISRAEL – como mostram as referências em Mateus 1: 4 a 6 sobre a sua Genealogia na linha direta até Jesus, já postado acima;

Homens e mulheres pecadores que se convertem e formam a Igreja de Cristo são enxertados na Oliveira Verdadeira – ISRAEL – conforme mostram as referências em Romanos 11: 16 a 25;

Romanos

11.16   E, se forem santas as primícias da massa, igualmente o será a sua totalidade; se for santa a raiz, também os ramos o serão.

11.17   Se, porém, alguns dos ramos foram quebrados, e tu, sendo oliveira brava, foste enxertado em meio deles e te tornaste participante da raiz e da seiva da oliveira,

11.18   não te glories contra os ramos; porém, se te gloriares, sabe que não és tu que sustentas a raiz, mas a raiz, a ti.

11.19   Dirás, pois: Alguns ramos foram quebrados, para que eu fosse enxertado.

 11.20   Bem! Pela sua incredulidade, foram quebrados; tu, porém, mediante a fé, estás firme. Não te ensoberbeças, mas teme.

11.21   Porque, se Deus não poupou os ramos naturais, também não te poupará.

11.22   Considerai, pois, a bondade e a severidade de Deus: para com os que caíram, severidade; mas, para contigo, a bondade de Deus, se nela permaneceres; doutra sorte, também tu serás cortado.

11.23   Eles também, se não permanecerem na incredulidade, serão enxertados; pois Deus é poderoso para os enxertar de novo.

11.24   Pois, se foste cortado da que, por natureza, era oliveira brava e, contra a natureza, enxertado em boa oliveira, quanto mais não serão enxertados na sua própria oliveira aqueles que são ramos naturais!

11.25   Porque não quero, irmãos, que ignoreis este mistério (para que não sejais presumidos em vós mesmos): que veio endurecimento em parte a Israel, até que haja entrado a plenitude dos gentios.

Raabe simboliza Profeticamente  e Enigmaticamente a Igreja de Cristo – Jambuseiro – que foi enxertada na Oliveira Verdadeira – ISRAEL, contextualizando com Romanos 11: 16 a 25

A ORDEM DE DEUS PARA JOSUÉ DESTRUIR E MATAR A TODOS

Quando lemos passagem bíblica como a que Deus manda Josué destruir a Cidade de Jericó, e mais, manda matar todos os seres vivos incluindo os animais, além de homens  e mulheres, velhos e crianças, precisamos pedir DISCERNIMENTO sobre o motivo do severo Juízo;

Josué

6.17   Porém a cidade será condenada, ela e tudo quanto nela houver; somente viverá Raabe, a prostituta, e todos os que estiverem com ela em casa, porquanto escondeu os mensageiros que enviamos.

6.18   Tão-somente guardai-vos das coisas condenadas, para que, tendo-as vós condenado, não as tomeis; e assim torneis maldito o arraial de Israel e o confundais.

6.19   Porém toda prata, e ouro, e utensílios de bronze e de ferro são consagrados ao SENHOR; irão para o seu tesouro.

Josué

6.21   Tudo quanto na cidade havia destruíram totalmente a fio de espada, tanto homens como mulheres, tanto meninos como velhos, também bois, ovelhas e jumentos.

Quando DEUS aplica Juízo como em Jericó não resta a menor dúvida que o Estado de Perversão Moral e Espiritual da Cidade chegou ao limite do suportável  pelo  Atributo de Sua Justiça;

Preste Atenção = limite do suportável

Foi assim no Dilúvio; Foi assim em Sodoma e Gomorra;  Foi assim em 586 AC ; Foi assim em 70 DC, e será assim durante a Grande Tribulação;

POR QUE DEUS NÃO POUPOU AS CRIANÇAS?

No meu entendimento as crianças sendo poupadas cresceriam com a lembrança da destruição da Cidade e morte de seus Pais e demais pessoas próximas, e certamente desenvolveriam uma mentalidade de ódio e vingança  ao longo de sua existência o que as levariam à Perdição;

Como as crianças em idade de inocência quando morrem são Anjos no Céu (Mateus 18: 10), como afirmou Jesus, e estando no Céu as lembranças desaparecem conforme  Eclesiastes 1: 11 e Isaías 65: 17, certamente o Atributo do Amor, Bondade e Misericórdia juntamente com o Atributo da Justiça Divina decidiram pelo melhor para as crianças ao serem mortas.

Nossa humanidade não consegue alcançar tamanha decisão, mas não podemos deixar de aceitar toda e qualquer atitude Divina, mesmo a mais dolorosa, sabendo que Deus é Deus!

Mateus

18.10   Vede, não desprezeis a qualquer destes pequeninos; porque eu vos afirmo que os seus anjos nos céus vêem incessantemente a face de meu Pai celeste.

Eclesiastes

1.11   Já não há lembrança das coisas que precederam; e das coisas posteriores também não haverá memória entre os que hão de vir depois delas.

Isaías

65.17   Pois eis que eu crio novos céus e nova terra; e não haverá lembrança das coisas passadas, jamais haverá memória delas.

POR QUE DEUS NÃO POUPOU OS ANIMAIS? 

Para que Deus decidisse pela morte de todos os animais da Cidade não resta dúvida que o estado de contaminação pelo Mau com a prática da dedicação dos filhos como de todo os animais aos deuses do paganismo, não restou outra atitude que não fosse pela morte;

O Povo de Israel precisava entender através de atitudes severas de Juízo que da mesma forma como Deus agia com os Povos contaminados pelo Mau, assim também deveriam obedecer  aos Seus MANDAMENTOS, para não sofrerem o mesmo Juízo;

Desta forma podemos entender que para não sofrerem as influências idólatras dos Povos à sua volta não restava alternativa que não pela aniquilação geral, evitando a miscigenação com conseqüências contaminantes pelas práticas do paganismo;

Paganismo = Segundo o uso primitivo dos Judeus um pagão era um indivíduo envolvido com a adoração idólatra.

Miscigenação = cruzamento de raças ou variedades distintas;

QUAL A IMPORTÂNCIA DA MISSÃO DOS ESPIAS NA DESTRUIÇÃO DOS MUROS E DA CIDADE DE JERICÓ?

RESPOSTA = NENHUMA!!!

Os Muros que serviam de obstáculo para que os Israelitas tomassem de assalto a Cidade foram derrubados pelo Poder de Deus conforme mostram as referências em Josué 6: 1 a 27, que pela sua extensão deixo de transcrever, devendo o Leitor consultar a Bíblia;

Preste atenção que os dois soldados que foram secretamente espiar a Cidade apenas conseguiram entrar e se alojar na casa da prostituta Raabe para dormir conforme Josué 2: 1;

Nem conseguiram dormir, pois foram descobertos e obrigados a saírem na mesma noite, sendo assim  não tiveram tempo suficiente para uma avaliação da Situação Militar da Cidade;

Desta forma  a presença dos espias foi descoberta tendo o Governante da Cidade mandado prendê-los, porém Raabe após escondê-los e despistar os enviados para os prender, ajudou-os a sair pelo Muro da Cidade, conforme as referências em Josué 2: 1 a 24, já postado no início do Artigo.

Raabe antes que os espias fossem embora dialogou com eles conforme as referências em Josué 2: 1  a 24;

Raabe  declara textualmente o seguinte:

Josué

2.9   e lhes disse: Bem sei que o SENHOR vos deu esta terra, e que o pavor que infundis caiu sobre nós, e que todos os moradores da terra estão desmaiados.

2.10   Porque temos ouvido que o SENHOR secou as águas do mar Vermelho diante de vós, quando saíeis do Egito; e também o que fizestes aos dois reis dos amorreus, Seom e Ogue, que estavam além do Jordão, os quais destruístes.

 2.11   Ouvindo isto, desmaiou-nos o coração, e em ninguém mais há ânimo algum, por causa da vossa presença; porque o SENHOR, vosso Deus, é Deus em cima nos céus e embaixo na terra.

Preste atenção que os habitantes de Jericó já estavam moralmente derrotados pelo Poder de Deus conforme as palavras de Raabe, ao afirmar que Deus já havia dado aquela terra aos Israelitas, logo, eles sabiam que  se Deus abriu o Mar Vermelho, nada poderia impedir o caminho de Israel = entendeu?!

QUAL A IMPORTÂNCIA DOS ESPIAS NO EPISÓDIO EM RELAÇÃO À RAABE?

Só encontro uma explicação ao analisar o fato considerando o aspecto Profético usado por Deus fazendo com que os espias se dirigissem diretamente à casa de Raabe, e transformando o LIVRAMENTO de Raabe e sua família, no episódio da destruição dos Muros e da Cidade,  NUMA  figura Teológica, simbolizando A IGREJA DE CRISTO conforme já foi explicado, e que reproduzo a seguir para um melhor entendimento;

RAABE E SUA FAMÍLIA COMO FIGURA DA IGREJA DE CRISTO

Raabe e sua família foram Salvas pelo símbolo de um Cordão Escarlate que no episódio pré-figura o Sangue  Escarlate de Jesus;

Raabe e sua família em conjunto são Salvas  da Grande Tribulação que se abateu sobre a Cidade de Jericó, assim como a Igreja de Cristo como um conjunto será Arrebatada e Salva da Grande Tribulação que se abaterá sobre a Humanidade;

Raabe, uma pecadora que se converte ao Judaísmo, com sua família,  são enxertados na Oliveira Verdadeira – ISRAEL – como mostram as referências em Mateus 1: 4 a 6 sobre a sua Genealogia na linha direta até Jesus, já postado acima;

Homens e mulheres pecadores que se convertem e formam a Igreja de Cristo são enxertados na Oliveira Verdadeira – ISRAEL – conforme mostram as referências em Romanos 11: 16 a 25;

Romanos

11.16   E, se forem santas as primícias da massa, igualmente o será a sua totalidade; se for santa a raiz, também os ramos o serão.

11.17   Se, porém, alguns dos ramos foram quebrados, e tu, sendo oliveira brava, foste enxertado em meio deles e te tornaste participante da raiz e da seiva da oliveira,

11.18   não te glories contra os ramos; porém, se te gloriares, sabe que não és tu que sustentas a raiz, mas a raiz, a ti.

11.19   Dirás, pois: Alguns ramos foram quebrados, para que eu fosse enxertado.

11.20   Bem! Pela sua incredulidade, foram quebrados; tu, porém, mediante a fé, estás firme. Não te ensoberbeças, mas teme.

11.21   Porque, se Deus não poupou os ramos naturais, também não te poupará.

11.22   Considerai, pois, a bondade e a severidade de Deus: para com os que caíram, severidade; mas, para contigo, a bondade de Deus, se nela permaneceres; doutra sorte, também tu serás cortado.

11.23   Eles também, se não permanecerem na incredulidade, serão enxertados; pois Deus é poderoso para os enxertar de novo.

11.24   Pois, se foste cortado da que, por natureza, era oliveira brava e, contra a natureza, enxertado em boa oliveira, quanto mais não serão enxertados na sua própria oliveira aqueles que são ramos naturais!

11.25   Porque não quero, irmãos, que ignoreis este mistério (para que não sejais presumidos em vós mesmos): que veio endurecimento em parte a Israel, até que haja entrado a plenitude dos gentios.

Raabe simboliza Profeticamente a Igreja de Cristo – Jambuseiro – que foi enxertada na Oliveira Verdadeira – Israel , contextualizando com Romanos 11: 16 a 25;

ATENÇÃO: Devido a complexidade do Assunto em geral  abordado, usei de uma exagerada prolixidade (REPETIÇÃO) para facilitar o entendimento.

CONCLUSÃO

Raabe e sua família de Pagãos simbolizando profeticamente a Igreja de Cristo constituída de Pagãos convertidos MOSTRA enigmaticamente como Deus através de  um Episódio do Seu Plano de Criação, Controle e Salvação, que devemos nos separar  das coisas contaminadas e nos preparar para o Arrebatamento, ficando livre da Grande Tribulação;

Da mesma forma como Raabe e sua família acreditaram, confiaram, foram enxertadas no Plano de Deus de Salvação E foram salvas, assim também devemos confiar, acreditar e fazer parte da Igreja que foi enxertada no Plano de Deus da Salvação em Cristo Jesus;

Da mesma forma como Raabe teve seu nome escrito na genealogia em linha direta de Jesus Cristo, assim também devemos escrever o nosso nome no Livro da Vida do Cordeiro – Jesus Cristo;

Raabe e sua família inicialmente foram colocadas separadas do Arraial de Israel, conforme Josué 6: 23:

6.23   Então, entraram os jovens, os espias, e tiraram Raabe, e seu pai, e sua mãe, e seus irmãos, e tudo quanto tinha; tiraram também toda a sua parentela e os acamparam fora do arraial de Israel.

Posteriormente,  numa   Ação Profética, foram incluídos no meio do Arraial de Israel, certamente pelo Cerimonial  Levítico do Sacrifício de  animais, de acordo como estabelecia a Lei do Sacrifício;

6.25   Mas Josué conservou com vida a prostituta Raabe, e a casa de seu pai, e tudo quanto tinha; e habitou no meio de Israel até ao dia de hoje, porquanto escondera os mensageiros que Josué enviara a espiar Jericó.

Da mesma forma nós, os Gentios, inicialmente encontrávamo-nos separados do Plano de Salvação de Deus, até que pelo Sacrifício do Sangue de Jesus fomos incluídos no Plano de Salvação Eterno,  através da Igreja de Cristo.

CONCLUSÃO FINAL

Após uma análise Teológica sobre um episódio enigmático da maior complexidade em que uma mulher e sua família são parte integrante desse Enigma, simbolizando a Profética Igreja de Cristo, bem como, todo  o simbolismo da videira brava e da Videira Verdadeira,  CHAMOU-ME   à atenção  2 (dois)  detalhes que exponho a seguir:

Josué

2.22   Foram-se, pois, e chegaram ao monte, e ali ficaram três dias, até que voltaram os perseguidores; porque os perseguidores os procuraram por todo o caminho, porém não os acharam.

Trata-se de simples coincidência  nesse Enigmático e Profético Episódio envolvendo a Futura Igreja de Cristo, esses 2 (dois)  detalhes do “monte” e dos “três” dias???

– No Episódio da composição da Igreja de Cristo o “MONTE” fez parte fundamental em todo o Processo;

– No Episódio da composição da Igreja de Cristo “três” dias foi o tempo que Jesus ficou no “Monte CALVÁRIO”, lembrando que Sua sepultura ficava próximo do local da crucificação;

– No Episódio da composição da Igreja de Cristo 2 (duas) foram as Pessoas que permaneceram no “Monte” durante os “três” dias até que ACONTECEU a Ressurreição: O Deus  Filho  e o Deus  Espírito Santo (Marcos 1: 10) ( Lucas 3: 22 ) ( João 1: 32);

Quem tem ouvido ouça o que o Espírito diz às Igrejas!

PENSE NISSO:

INDIFERENÇA E INGRATIDÃO

Sobre este Assunto acessar a Seção “O AUTOR”, no Site.

……………………………………………. X ……………………………………….

“Este Artigo é de inspiração posterior à Publicação do Livro anunciado”

Os Artigos do Site complementam assuntos do Livro.

Na hipótese de ser importante, SUGIRO A INDICAÇÃO  do Artigo e o SITE.

Próximos Assuntos a serem incluídos no Site, paulatinamente:

– O ENIGMA DO NOVO CÉU E NOVA TERRA

– O QUE FAREMOS NO CÉU?!

– ETC

OBS: Na hipótese de concordar que o Assunto é importante, copie o endereço do Site www.assuntospolemicosdabiblia.com imprima o máximo numa folha A4, corte em pedaços, e distribua, como instrumento de fazer a Obra do REINO DE DEUS.

 

9 comentários para RAABE E OS ESPIAS DE ISRAEL

  • Luiz Claudio  disse:

    Como Deus pôde abençoar Raabe, tendo ela mentido?

    Ao chegar a Jericó, os espias buscaram refúgio na casa de Raabe. Quando o rei de
    Jericó ordenou que Raabe entregasse os homens, ela mentiu dizendo que eles já haviam partido e que ela não conhecia seu destino. Entretanto, quando Israel finalmente destruiu Jericó, Raabe e todos os da sua família foram poupados. Como pôde Deus abençoar Raabe por mentir?

    Alguns argumentam que não está claro que Deus tenha abençoado Raabe por ter mentido. Certamente ele a salvou e abençoou por ter protegido os espias e ajudado na derrota de Jericó. Entretanto, em nenhum lugar a Bíblia declara explicitamente que Deus abençoou Raabe por ela ter mentido. Deus pode tê-la abençoado apesar da sua mentira, e não por causa disso. Na verdade o ato de proteger os espias foi a demonstração de sua grande fé no Deus de Israel. Raabe acreditou firmemente que Deus destruiria Jericó, e demonstrou sua fé ficando ao lado de Israel contra o povo de Jericó, quando protegeu os espias de serem descobertos.

    Outros insistem em dizer que Raabe enfrentou um real conflito de ordem moral. Era-lhe
    impossível salvar os espias e ao mesmo tempo dizer a verdade aos soldados do rei. Sendo assim, Deus não lhe imputaria a responsabilidade por esse inevitável conflito moral. Certamente uma pessoa não pode ser tida como responsável por não cumprir uma lei menor de forma a cumprir uma obrigação maior. A Bíblia ordena a obediência ao governo de um país (Rm 13:1; Tt 3:l; 1 Pe 2:13), mas há muitos exemplos de justificada desobediência civil, quando o governo atua no sentido de compelir a prática da injustiça (Êx 5; Dn 3,6; Ap 13). O caso das parteiras hebréias, que mentiram para salvar a vida dos meninos israelitas é talvez mais claro neste sentido.

    Como Deus poderia abençoar as parteiras hebréias, se elas desobedeciam a autoridade governamental (Faraó), estabelecida por Deus, e a ela mentiam?

    A Bíblia declara que “não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades
    que existem foram por ele instituídas” (Rm 1.3:1). A Escritura diz também: “Os lábios mentirosos são abomináveis ao Senhor” (Pv 12:22). Mas o Faraó (rei) do Egito tinha dado uma ordem direta às parteiras hebréias para matarem os meninos hebreus recém-nascidos. “As parteiros, porém, temeram a Deus, e não fizeram como lhes ordenara o rei do Egito, antes deixaram viver os meninos” (Êx 1:17).

    As parteiras não apenas desobedeceram a Faraó como também, quando ele as questionou a
    respeito de suas ações, mentiram, dizendo: “É que as mulheres hebréias não são como as egípcias; são vigorosas, e antes que lhes chegue a parteira já deram à luz os seus filhos” (Êx 1:19). Apesar disso, Êxodo 1:20 afirma que Deus “fez bem às parteiras… ele lhes constituiu família”(Êx 1:20-21).

    Como então Deus pôde abençoar as parteiras por desobediência e mentira?

    Não há dúvida de que as parteiras desobedeceram a Faraó, por não matarem os
    meninos hebreus recém-nascidos e por mentirem a Faraó com a história de que sempre chegavam tarde demais para cumprirem as suas ordens. Não obstante, há uma justificativa moral para o que elas fizeram. Primeiro, o dilema moral em que as parteiras se achavam era inevitável. Ou elas obedeceriam à lei maior de Deus, ou obedeceriam à obrigação secundária de se sujeitarem a Faraó.
    Em lugar de cometerem um deliberado infanticídio das crianças de seu próprio povo, as parteiras decidiram desobedecer às ordens de Faraó.

    Deus nos ordena que obedeçamos à autoridade governamental, mas ele nos ordena também
    que não assassinemos ninguém (Êx 20:13). A salvação de vidas inocentes é uma obrigação maior do que a obediência ao governo. Quando o governo nos ordena matar vítimas inocentes, não devemos obedecer. Deus não considerou as parteiras responsáveis, nem assim ele nos tratará sempre que a questão for não obedecer a uma obrigação menor para atender a uma lei maior (cf. At 4; Ap 13). No caso das parteiras, a lei maior referia-se à preservação da vida dos recém-nascidos.

    Segundo, o texto claramente afirma que Deus as abençoou “porque as parteiras temeram a
    Deus” (Êx 1:21). E foi o temor que elas tiveram por Deus que as levou a fazer o que quer que fosse necessário para salvar vidas inocentes. Assim, a falsa desculpa delas a Faraó foi uma parte essencial do esforço que despenderam para salvar vidas

    • Onir Francisco Damas  disse:

      Prezado Irmão em Cristo Luiz Cláudio

      Luiz Cláudio é o meu web/Site;

      Fico honrado com sua participação através desse Comentário;

      Na verdade não é um Comentário, e sim um inteligente Complemento, pois deixei escapar o detalhe da atitude de Raabe em mentir, justa e sabiamente, no Episódio dos Espias, muito bem explicado por você;

      Quando digo que Raabe mentiu justa e sabiamente estou baseando-me em Eclesiastes 7: 16:
      Almeida Revista e Atualizada

      Eclesiastes

      7.16 Não sejas demasiadamente justo, nem exageradamente sábio; por que te destruirias a ti mesmo?

      “por que te destruirias a ti mesmo?” = Prestem atenção na interrogação.

      Do exposto podemos entender que Raabe sem conhecer a Palavra de Deus foi Justa e Sábia na medida certa, sabendo diferenciar o certo do errado no memento que a situação exigia, caso contrário teria sido morta juntamente com todos os seus familiares;

      Dentro do contexto sobre a “mentira” sua abordagem sobre as parteiras do tempo de Moisés também foi muito oportuno e também de encaixam em Eclesiastes 7: 16;

      Para completar deixo um exemplo hipotético em que um pai ao ser abordado por um indivíduo que desejando matar o seu filho, por um gesto de vingança, e sabendo das intenções do indivíduo, ao pedir para chamar seu filho que estando em casa, o pai mente ao dizer que o seu filho não se encontrava no local; Eclesiastes 7: 16 = entenderam?!”

      Luiz, obrigado pela sua participação e pelo seu importante complemento;

      Fique na Paz de Jesus.

      Onir

    • Thais Reder  disse:

      Luis Claudio você está preocupado com uma mentira diante de inúmeras vítimas? Você não vê a humildade desta mulher que achava linda a história do povo de Deus e do amor de Deus ela só tem pelos espias honra de recebe-los ela sabia o que acontecia em Jericó povo mau gente ruim, a começar com ela, morava nos muros que rodeava a cidade cadê a família? Para pra pensar como deviam falar mal dela e como ela era desprezada porém o coração dela era bom e Deus vê é o coração, ela pede pela família toda. E o mais surpreendente ela virá na genealogia de Jesus como avó do rei David só isso é o máximo E voltando ao nosso tempo se você morasse nos países da Europa e escondesse em sua casa judeus você para não mentir diria a Gestapo que tinha judeus ali? Todos eles morreriam e em alguns casos até quem os escondia. Tenha um coração mais maleável, a vida é tão dura meu amigo.

  • Gilmar Pires  disse:

    A paz do Senhor! Irmão, confesso que fiquei surpreendido, com tamanha sabedoria, louvado seja Deus, que revelou á vc mistérios ocultos para que hoje compartilhasse, com a igreja de Cristo…

    • Onir Francisco Damas  disse:

      Prezado Irmão Gilmar Pires

      Obrigado plo contato e pelas palavras abençoadoras;

      Não meça esforços para divulgar o Site, afim de que outras pessoas também sejam alcançadas pelo Amor de Deus;

      Fique na Paz de Jesus.

      Onir

  • Tales Fonseca  disse:

    Caro irmão Onir

    Sua explicação sobre a mentira de Raabe, dizendo que ela mentiu “justa e sabiamente”, é a melhor que já li sobre o assunto. Querer dizer que Deus a abençoou “apesar da sua mentira, e não por causa disso”, como faz a maioria (citados pelo Luiz Cláudio), não é um raciocínio saudável, pois o ato que ela fez em salvar os espias não teria existido sem a mentira. A mentira foi parte fundamental na conduta dela para salvar os espias.

    As pessoas que querem ser “demasiadamente justas e exageradamente sábias” acabam esquecendo um detalhe fundamental na história. Os espias também estavam envolvidos em um processo de “mentira”. Espionagem não é uma atividade 100% honesta. O espião, para espionar, precisa ENGANAR o espionado. Para ser “demasiadamente justos”, os representantes de Israel deveriam se apresentar no portão de Jericó, e anunciar que estavam ali para fazer um levantamento das deficiências da defesa da cidade pois iriam destruí-la. É claro que isto não funcionaria.

    No contexto da situação de guerra, tanto as atitudes deles como a atitude dela foram as corretas. Um general quando vai atacar o exército inimigo não lhes avisa sobre seus planos e estratégias.

    Gostei muito da resposta, usando o verso de Eclesiastes.

    Permita-me discordar de algo. Na explicação por que as crianças foram mortas, foi dito:

    “Como as crianças em idade de inocência quando morrem são Anjos no Céu (Mateus 18: 10), como afirmou Jesus, e estando no Céu as lembranças desaparecem conforme Eclesiastes 1: 11 e Isaías 65: 17,(…) ”

    Mateus 18:10 não diz que as crianças quando morrem são anjos no Céu.

    “Vede, não desprezeis algum destes pequeninos, porque eu vos digo que os seus anjos nos céus sempre vêem a face de meu Pai que está nos céus.”
    Mateus 18:10

    Os anjos das crianças vivas é que vêem a face de Deus, nos céus. Jesus está dizendo que as crianças são importantes, pois os seus anjos (anjos da guarda) prestam contas a Deus sobre elas.

    E, também, se interpretarmos os versos de Eclesiastes e Isaías sobre o céu, como naõ existindo lá lembrança alguma do que somos agora, é inútil querer ir para o céu, pois nós não seremos nós mesmos. Como vou reconhecer meus parentes queridos, se não sei quem eles são, nem mesmo saberei quem eu era? Como vou poder agradecer a Cristo por me haver salvo, se não lembrou quem eu sou ou o que fazia?

    • Onir Francisco Damas  disse:

      Prezado Tales

      Sua participação é muito importante para esclarecer melhor o significado das palavras de Jesus quanto as crianças quando morrem;

      Estou usando a Nova Tradução na Linguagem de Hoje por ser de mais fácil explicação;

      Nova Tradução na Linguagem de Hoje

      Mateus

      18.10 — Cuidado, não desprezem nenhum destes pequeninos! Eu afirmo a vocês que os anjos deles estão sempre na presença do meu Pai, que está no céu.

      Jesus está se referindo sobre as crianças em vida e em seguida fazendo um paralelo sobre as que já morreram e estão na condição de Anjos;

      “Os anjos deles” = anjos oriundos de crianças que já morreram;

      Não tem sentido a interpretação de “anjo da guarda” das crianças em vida e ao mesmo tempo na presença do Pai Celestial = entendeu?!

      Quanto ao enigmático esquecimento das coisas desagradáveis que passamos nesta Vida, eu já postei comentários em outros Artigos explicando que teremos consciência o suficiente para sermos avaliados tanto no Tribunal de Cristo, quanto aos que forem para o Juízo Final;

      Entretanto pela Misericórdia e Poder de Deus ficaremos livres do Mau, logo, ficaremos livres de tudo e de todas as lembranças desagradáveis que tem relação com suas ações em nossas vidas – entendeu?!

      Certamente que seremos reconhecidos uns pelos outros apesar de recebermos um “Corpo Glorioso” e um novo nome;

      O importante é garantirmos o nosso Lugar no Reino Celestial.

      Espero ter atendido as expectativas.

      Fique na Paz de Jesus

      Onir

  • Walleska  disse:

    Fiquei emocionada com essa leitura… o Espirito Santo falou muito forte ao meu coração. Louvado seja o Nome do SENHOR que te deu hoje sabedoria e conhecimento para nos trazer entendimento dessa palavra!

  • Odair  disse:

    Deus esta no meio de nós e deste importante post.

Comente

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>