O ENIGMA DOS TRÊS DIAS ENTRE A MORTE E RESSURREIÇÃO DE JESUS - Assuntos Polêmicos da Bíblia
2265
post-template-default,single,single-post,postid-2265,single-format-standard,bridge-core-3.0.1,qode-page-transition-enabled,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode_grid_1300,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-28.5,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.7.0,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-16556

O ENIGMA DOS TRÊS DIAS ENTRE A MORTE E RESSURREIÇÃO DE JESUS

Compartilhe e Divulgue

O ENIGMA DOS TRÊS DIAS ENTRE A MORTE E RESSURREIÇÃO DE JESUS

INTRODUÇÃO

Um Leitor enviou-me o seguinte Comentário:

“Comentário:

ESPETACULAR! agregou muito no meu conhecimento e na minha fé! Que Deus continue te iluminando e te dando sabedoria para continuar a escrever estes excelentes estudos para abençoar e ensinar outras pessoas.

Gostaria de aproveitar para fazer uma pergunta:

Você teria algum estudo sobre os três dias que precederam a ressurreição de Jesus? Por que esperou 3 dias para ressuscitar? o que aconteceu, no reino espiritual, nestes dias?”

Diante do exposto resolvi aprofundar-me no Assunto conforme as informações que a Bíblia nos mostra:

– Jesus respondeu, e disse-lhes: Derribai este templo, e em três dias o levantarei. João 2:19;

– Então lhes disse: Do comedor saiu comida, e do forte saiu doçura. E em três dias não puderam decifrar o enigma. Juízes 14:14;

– E começou a ensinar-lhes que importava que o Filho do homem padecesse muito, e que fosse rejeitado pelos anciãos e príncipes dos sacerdotes, e pelos escribas, e que fosse morto, mas que depois de três dias ressuscitaria. Marcos 8:31;

– Porque ensinava os seus discípulos, e lhes dizia: O Filho do homem será entregue nas mãos dos homens, e matá-lo-ão; e, morto ele, ressuscitará ao terceiro dia. Marcos 9:31;

 

ANTES PRECISAMOS ENTENDER O QUE É O PARAISO

Quando lemos as afirmações de Jesus de que no mesmo dia de Sua Morte Ele estaria com o Ladrão da Cruz no Paraiso;

Lucas 23:

43 – E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso.

Quando lemos as afirmações de Jesus para Maria para não tocá-Lo porque ainda não tinha estado com o Pai no Reino Celestial:

17 –  Disse-lhe Jesus: Não me detenhas, porque ainda não subi para meu Pai, mas vai para meus irmãos, e dize-lhes que eu subo para meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus.

Então podemos entender que o Paraiso é um Local “ANTERIOR” ao Reino Celestial, pois, se Jesus foi inicialmente após a Sua Morte ao Paraiso, com o Ladrão da Cruz, e não esteve com o Pai, então o Paraiso fica aquém, isto é, antes do Reino Celestial;

Preste atenção que Ele ressuscita e diz para Maria não tocá-LO, pois, ainda não havia estado com o Pai;

Quando lemos as afirmações de Jesus para Tomé tocar em suas feridas conforme João 20: 27, alguns dias depois de dizer para Maria não tocá-lO, assim que ressuscitou;

Então podemos entender que,  Jesus ao dizer que estaria com o Ladrão da Cruz no Paraiso e após ressuscitar dizer para Maria que não tinha estado com o Pai no Reino Celestial, e que após alguns dias disse para Tomé para tocar em suas feridas, o Paraiso é um Lugar separado do Reino Celestial, isto é, trata-se de um Lugar Santo, porém de espera para adentrar o Reino Celestial, onde está o Pai;

Jesus ao morrer fisicamente esteve no Paraiso com o Ladrão da Cruz onde certamente cumpriu uma Missão de confortamento a todos que esperam a Ressurreição, bem como, se dirigiu ao Abismo do Inferno onde segundo 1 Pedro 3: 19, Pregou, misteriosamente, aos espíritos em Prisão, isto é, um Lugar contrário ao Paraíso, ou melhor, um Lugar onde estão todos os mortos separados de Deus;

1ª Pedro:

19 – No qual também foi, e pregou aos espíritos em prisão;

 

A PERGUNTA QUE FICA NO AR;

Por que JESUS ao morrer fisicamente precisou ou esperou três dias para ressuscitar?

Certamente existe uma explicação Teológica para que Jesus permanecesse no Mundo dos Mortos durante os três dias;

Durante os três dias em questão a Bíblia cita o seguinte conforme as referências a seguir que eu repito para um melhor entendimento:

Lucas 23:

43 – E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso.

1 Pedro 3: 18 e19

18 – Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus; mortificado, na verdade, na carne, mas vivificado pelo Espírito;

19 – No qual também foi, e pregou aos espíritos em prisão;

Apocalipse 1:

18 – E o que vivo e fui morto, mas eis aqui estou vivo para todo o sempre. Amém. E tenho as chaves da morte e do inferno.

Do exposto podemos entender o porquê de Jesus esperar três dias para Ressuscitar:

Primeiro foi ao Paraiso e levou consigo o Ladrão da Cruz;

No Paraiso confortou os Salvos que estão esperando pelo cumprimento dos Processos Teológicos da Salvação e que envolve o Arrebatamento, Ressurreição e Juízo Final;

Depois foi ao Abismo do Inferno e Pregou aos espíritos em “Prisão”. Este Episódio está misteriosamente encoberto ao nosso entendimento Teológico;

Quando analisamos a quantidade de pessoas que já viveram e estão afastadas de Deus no Abismo do Inferno, separados de Deus,  e no Paraiso, junto a Deus, podemos entender que Jesus precisou de um Tempo que corresponde aos três dias entre Sua Morte e Sua Ressurreição para cumprir aquelas Missões;

Segundo os Estudiosos já viveram no Planeta cerca de 107 bilhões de pessoas desde Adão; Quem desejar saber detalhes sugiro pesquisar no Google; Ver o Artigo “O ENIGMA DO INFERNO”, no Site.

 

O ENIGMÁTICO LOCAL DO PARAISO

Gênesis 3: 8, 23 e 24:

 8 –  E ouviram a voz do Senhor Deus, que passeava no jardim pela viração do dia; e esconderam-se Adão e sua mulher da presença do Senhor Deus, entre as árvores do jardim.

23 – O Senhor Deus, pois, o lançou fora do jardim do Éden, para lavrar a terra de que fora tomado.

24 – E havendo lançado fora o homem, pôs querubins ao oriente do jardim do Éden, e uma espada inflamada que andava ao redor, para guardar o caminho da árvore da vida.

Joel 2:

3 – Diante dele um fogo consome, e atrás dele uma chama abrasa; a terra diante dele é como o jardim do Éden, mas atrás dele um desolado deserto; sim, nada lhe escapará.

Apocalipse 2:

7 – Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao que vencer, dar-lhe-ei a comer da árvore da vida, que está no meio do paraíso de Deus.

Árvore da Vida = Enigmaticamente, está relacionada com Jesus, pois todas as coisas foram feitas dEle, por Ele e para Ele.

Paraiso de Deus = Jardim do Éden

PENSE NISSO:

Quero chamar à atenção para o fato de que a Bíblia afirma que  EXISTIU  um Éden – Jardim de Deus (Ezequiel  28: 13), anterior em milhões de anos ao de Adão e Eva, e ao que tudo indica, na mesma Área Geográfica onde existiu o Éden de Adão e Eva.

Um Jardim é uma extensão de um lar, na vida humana. Por comparação a Bíblia nos mostra que o Jardim de Deus de Ezequiel 28: 13, BEM COMO, o Éden de Adão e Eva,  era uma extensão do Céu, um lugar onde Deus, na Terra, se fazia presente – “Santo dos Santos ou Lugar Santo”, como o Jardim do Éden de Adão e Eva;

Do exposto veja o que diz a Bíblia sobre Deus habitar neste Mundo Material:

Êxodo 25: 8

E me farão um santuário para, que eu possa habitar no meio deles.

O Jardim do Éden – Paraíso – é uma extensão do Céu, pois está oculto, isto é, não foi extinto (Gênesis 3: 24 ):

Gênesis

3.24   E, expulso o homem, colocou querubins ao oriente do jardim do Éden e o refulgir de uma espada que se revolvia, para guardar o caminho da árvore da vida.

Entendeu?! – O Jardim do Éden não foi extinto, e sim, está oculto misteriosamente.

Ver detalhes importantes no Artigo “O ÉDEN DE LÚCIFER – EZEQUIEL 28: 13, no Site.

 

O PARAÍSO É UM LOCAL ESPIRITUAL DE ESPERA PARA O REINO CELESTIAL

O Paraíso é um Lugar Santo intermediário entre a Terra, ou melhor, entre o Mundo Material  e o Céu Celestial;

Foi arrebatado ao paraíso; e ouviu palavras inefáveis, que ao homem não é lícito falar. 2 Coríntios 12:4

Preste atenção que a afirmação acima é atribuída ao Apóstolo Paulo;

Preste mais atenção ainda na afirmação de Jesus:

João 3: 13 = Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do homem, que está no céu.

Então fica evidente que o Paraíso está aquém do Céu Celestial, e que o Apóstolo Paulo não esteve no Céu Celestial, e sim no Paraíso;

Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao que vencer, dar-lhe-ei a comer da árvore da vida, que está no meio do paraíso de Deus. Apocalipse 2:7

E, havendo aberto o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos que foram mortos por amor da palavra de Deus e por amor do testemunho que deram. Apocalipse 6: 9;

“debaixo do altar” = uma forma Enigmática de mostrar que os Salvos esperam junto a Deus, porém em Local intermediário em relação ao Reino Celestial.

E clamavam com grande voz, dizendo: Até quando, ó verdadeiro e santo Dominador, não julgas e vingas o nosso sangue dos que habitam sobre a terra? Apocalipse 6: 10;

Preste atenção que os Salvos estão lúcidos, enigmaticamente, ao clamarem por Justiça;

E foram dadas a cada um compridas vestes brancas e foi-lhes dito que repousassem ainda um pouco de tempo, até que também se completasse o número de seus conservos e seus irmãos, que haviam de ser mortos como eles foram. Apocalipse 6: 11;

 “repousassem com vestes brancas” = expressão Enigmática que na natureza Espiritual Eternal o tempo não é motivo de pressa;

 

O ENIGMÁTICO LOCAL DO ABISMO DO INFERNO

O que é o INFERNO?

– É o contrário do Céu, no dualismo Filosófico/Teológico!

– É o lugar de tormento contrário ao lugar de gozo, no entendimento Teológico/Espiritual!

No meu entendimento posso acrescentar que o INFERNO é uma consequência do Mau;

O INFERNO não existia, porém o Mau sempre existiu; O Mau é eterno, assim como o Bom é Eterno;  Ver os Artigos  “A ORIGEM DO MAU” e “NO PRINCÍPIO DEUS E ANTIDEUS”, no Site;

O INFERNO está para o Mau, assim como o Céu está para o Bom

Com a contaminação de Lúcifer e 1/3 dos Anjos (Apocalipse 12: 3, 4, 9), e posteriormente com a contaminação de Adão, pelo Mau ( Gênesis 3: 1 a 24 ), Deus precisou criar um Lugar afastado de Si, para todos os Espíritos tanto de Anjos Caídos, como de Mortos Humanos, em função de suas Obras malignas quando em vida;

Segundo Isaías 14: 15 o INFERNO é um Lugar de Tormento, e possui “Estágios” segundo o que se entende da expressão: “ao mais profundo do Abismo”, em Isaías 14: 15:

Isaías

14.15   E, contudo, levado serás ao inferno, ao mais profundo do abismo.

Preste atenção na relação inferno/abismo, e tomando por referência que existe profundidade, então existem  “Estágios”  DIFERENCIADOS  de Sofrimento ou tormento para os que são lançados nesse Lugar – INFERNO/ABISMO.

No meu entendimento o Abismo é uma forma  de “ESTÁGIOS”  Enigmático do INFERNO;

No meu entendimento todas as expressões referentes às condições de sofrimento e tormento após a Morte, nas Escrituras Sagradas, estão relacionadas com o INFERNO, e seus misteriosos Estágios  – Abismo – de sofrimento e tormento;

Da mesma forma como Deus criou o INFERNO, Ele vai destruí-lo após o Julgamento Final, conforme Apocalipse 20: 14;

Apocalipse

20.14   Então, a morte e o INFERNO foram lançados para dentro do lago de fogo. Esta é a segunda morte, o lago de fogo.

A Morte e o INFERNO  foram lançados no Lago de Fogo, logo, a Morte é uma consequência do Mau e passou a existir misteriosamente, quando o Mau entrou em Adão;

A Morte entrou no Mundo quando o Mau entrou em Adão; (Gênesis 2: 17) :

Ninguém vai sofrer eternamente no Inferno, porém existe uma forma de sofrimento no Inferno que durará até o Juízo Final, tanto para os Mortos como para os Anjos Caídos;

Tudo isto e muito mais eu explico nos Artigos relacionados com ADÃO, ÉDEN, ORIGEM DO MAU, NATUREZA DO MAU, LÚCIFER, O ENIGMA DO INFERNO, A SALVAÇÃO E A VIDA ETERNA, entre OUTROS.

 

CONCLUSÃO

Vou iniciar minha Conclusão através de um folheto que encontrei numa embalagem de Saco de Lixo, que por sua importância e conteúdo, estou postando, pois, é um exemplo marcante do motivo pelo qual Jesus Cristo foi ao Paraiso para  “CONFORTAR”  e ao Abismo do Inferno, misteriosamente, para Pregar, conforme 1ª Pedro 3: 18 e19;

1 Pedro 3: 18 e19

18 – Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus; mortificado, na verdade, na carne, mas vivificado pelo Espírito;

19 – No qual também foi, e pregou aos espíritos em prisão;

PENSE NISSO: O SENHOR na Sua infinita Misericórdia usa até um Saco de Lixo para providenciar uma importante informação Teológica, como esta a seguir:

“ORAÇÃO SEM NOME

Escuta, Deus,

Jamais falei contigo.

Hoje quero saudar-Te. Bom dia! Como vais!

Sabes? Disseram-me que Tu não existes,

E eu tolo, acreditei que era verdade.

Nunca havia reparado a Tua Obra.

Ontem à noite, da trincheira rasgada por granadas,

Vi Teu céu estrelado,

E compreendi então que me enganaram.

Não sei se apertarás a minha mão.

Vou te explicar, há de compreender.

É engraçado: neste inferno hediondo

Achei a luz para enxergar Teu rosto.

Dito isto, já não tenho muita coisa a Te contar:

Só que…que… tenho muito prazer em conhecer-Te.

Faremos um ataque à meia-noite.

Não sinto medo.

Deus, sei que Tu velas…

Ah! É o clarim! Bom Deus, devo ir embora.

Gostei de Ti… Vou ter saudades… quero dizer:

Será cruenta a luta, bem o Sabes,

E esta noite pode ser que eu vá bater-Te à Porta!

Muito amigos não fomos, é verdade.

Mas… sim, estou chorando!

Vês, Deus, tenho de ir.

Sorte é coisa bem rara:

Juro, porém: já não receio a morte.

(“As mais belas orações de todos os tempos”)

O Autor deste poema, quem o sabe? Foi encontrado em pleno Campo de Batalha, no bolso de um Soldado americano desconhecido”; (Até aqui o folheto em questão).

Este Poema mostra que muitos são levados à Morte pelas Guerras que eles não foram responsáveis, porém diante dos compromissos que as Leis das Nações impõem aos Homens,  influenciadas pelo Estrategista do Mal, muitos encontram a Morte ainda jovens, ou vão para o Paraiso ou para o Abismo;

Em relação ao sacrifício da Vida em favor da Pátria, a expressão mais contundente está numa Placa, no Desfiladeiro das Termópilas, na Grécia, em homenagem aos Heróis de Esparta, quando da invasão dos Persas, no ano 480 A.C., conforme tradução a seguir:

“Transeunte, vai dizer a Esparta que aqui morreram os seus Soldados, em obediência às suas Leis”

Com este simples conteúdo, em Oração,  deixado pelo Soldado desconhecido, podemos entender e REFLETIR  sobre o motivo de Jesus ter ficado TRÊS DIAS no mundo dos Mortos, principalmente no que diz a referência de 1ª Pedro 3: 18 e 19:

1ª Pedro 3: 18 e19

18 – Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus; mortificado, na verdade, na carne, mas vivificado pelo Espírito;

19 – No qual também foi, e pregou aos espíritos em prisão;

 

CONCLUSÃO FINAL

São Bilhões de Almas no mundo dos mortos, desde a Queda de Adão, e que pelos mais variados motivos, nesse Mundo de Trevas, alcançaram a morte cuja Oração do Soldado Desconhecido e a Placa sobre os Soldados de Esparta são APENAS  exemplos, além de inúmeras outras situações como mostram as referências em Daniel 5: 27 e em João 5: 29:

Daniel 5: 27 =  “Pesado foste na balança e foste achado em falta”, contextualizado em João 5: 29:

João 5: 29 =  “…e os que fizeram o bem sairão para a ressurreição da vida; e os que fizeram o mal para a ressurreição da condenação ” . Ver também Romanos 2: 1 a 16.

PENSE NISSO: Nós não conhecemos nada do Mundo Espiritual, e conhecemos muito pouco do Mundo material;

Espero que este Artigo tenha alcançado o Objetivo em relação ao que Jesus fez durante os três dias em que esteve no Mundo dos Mortos;

Este Artigo tem um outro e maior OBJETIVO no sentido de mostrar a importância da Salvação em Cristo Jesus pelo Seu Sangue derramado na Cruz do Calvário;

Preste atenção que já se passaram cerca de dois mil anos que Jesus foi ao Paraiso e Abismo do Inferno para cumprir uma Missão Enigmática e Misteriosa;

Eu procurei dar a minha singela contribuição Teológica até onde o meu anseio espiritual alcançou, motivado pelo Leitor citado na Introdução do Artigo;

Para entender todo um conjunto de situações após a morte de uma pessoa o Leitor deverá ler o Artigo “A SALVAÇÃO E AVIDA ETERNA”, no Site.

Você, Leitor, está tendo as informações que muitos que estão no mundo dos mortos não tiveram;

Aproveite para tomar uma posição… em Cristo JESUS …se ainda não tomou… enquanto há tempo…

Lucas 12:

47 – Aquele servo que conhece a vontade de seu senhor e não prepara o que ele deseja, nem o realiza, receberá muitos açoites.

 48  – Mas aquele que não a conhece e pratica coisas merecedoras de castigo, receberá poucos açoites. A quem muito foi dado, muito será exigido; e a quem muito foi confiado, muito mais será pedido.

…………………………………………………..xx………………………………………………..

Próximos Assuntos a serem incluídos no Site, paulatinamente:

O ENIGMA PROFÉTICO DO TERCEIRO DIA

O ENIGMA DO TRONO BRANCO

OBS: Na hipótese de concordar que o Assunto é importante, copie o endereço do Site www.assuntospolemicosdabiblia.com, imprima o máximo numa folha A4, corte em pedaços, e distribua, como instrumento de fazer a Obra do REINO DE DEUS.

 


Compartilhe e Divulgue
5 Comments
  • Rubens Carvalho
    Posted at 19:15h, 29 agosto Responder

    Excelentes textos, Onir.
    Acredito que não há misterio nem com relação ao local intermediário ou Paraiso. Jesus deixou tudo muito claro na parábola do rico e Lazaro. Acho que o senhor também descreve sobre esse lugar e o abismo entre o paraiso e o tartaro, que é pra onde vão os que rejeitaram a salvação .
    Também com relação à pregação de Jesus aos espíritos imundos, creio ser um problema de tradução. Em outras versões aparece que ele foi avisar ou anunciar que havia derrotado ao diabo e a morte, ou seja, foi até aos espiritos informá-los que estavam realmente fritos, já que não existe oportunidade de redenção aos anjos e demônios. Logo, não faz sentido ele ter ido pregar pra estes.
    Forte abraco

  • Marcos Bastos
    Posted at 22:41h, 21 março Responder

    Segundo o exposto, o sr. acredita no chamado “Estado Intermediário”; doutrina essa que foi reprovado pelos Reformadores da Igreja?

    • Onir Damas
      Posted at 08:48h, 24 março Responder

      Prezado Marcos
      Não conheço essa interpretação da Igreja Católica sobre “estado intermediário”;
      Entretanto a Bíblia de forma Enigmática nos mostra que o Paraiso é um Lugar de Espera até o Juízo Final;
      Meu embasamento sobre isto está nos Artigos postados que mostram a existência dos que ficam afastados de Deus e dos que ficam junto a Deus, aguardando a Jerusalém Celestial, bem como os que ficam aguardando o Juízo Final;
      O Assunto é por demais Enigmático e também Misterioso;
      Enigma se decifra por Discernimento dado por Deus;
      Mistério está oculto e é aceito por Fé;
      O importante é ajuntar Tesouro no Céu através de tudo que as Escrituras Sagradas nos ensinam sobre O Reino de Deus aqui na Terra;
      Este é o Objetivo dos meus Estudos.
      Fique na Paz de Jesus.
      Onir

  • Pedro Rosa Neto
    Posted at 18:46h, 29 maio Responder

    A paz, me perdoei mas sobre o paraíso , se é um lugar reservado para quem morre em Cristo para quém será a ressurreição se é que todos estarão no paraíso aguardando?

    • Onir Damas
      Posted at 08:28h, 12 junho Responder

      Prezado Pedro
      Quanto ao seu questionamento sobre a Primeira Morte e ressurreição tenho o seguinte entendimento:
      O morto vai para junto de Deus ou fica afastado de Deus conforme explica Jesus em Lucas 16: 1 a 19; Tudo isto em explico e Artigos como por exemplo “O ENIGMA DO INFERNO”;
      Quanto a ressurreição é um acontecimento em que o Salvo que está junto a Deus, no Paraiso, é transferido para o Reino Celestial e passa a ser um Anjo em atividade.
      Preste atenção no que está postado no Artigo “A SALVAÇÃO E A VIDA ETERNA”, e que eu reproduzo um trecho:
      “Pense Nisso:
      A 1ª Ressurreição caracteriza-se em premiar àqueles que se destacaram na Obra de Deus desde Adão até o Final da Grande Tribulação, conforme podemos entender pelas referência em Mateus 27: 52 e 53; 1ª Coríntios 15: 52, confirmada em 1ª Tessalonicenses 4: 13 a 18, contextualizado em Apocalipse 20: 5 e 6 = SALVOS
      A 1ª Ressurreição está caracterizada em três fases e teve início em Mateus 27: 52 e 53, quando Jesus ressuscitou tendo sido ressuscitados àqueles que Deus achou dignos até aquele momento, continuará em 1ª Coríntios 15: 52 e 1ª Tessalonicenses 4: 13 a 18, contextualizado em Apocalipse 20: 5 e 6. = SALVOS
      ESCLARECIMENTOS:
      A 1ª Ressurreição está caracterizada em três fases e teve início em Mateus 27: 52 e 53, quando Jesus ressuscitou tendo sido ressuscitados àqueles que Deus achou dignos até aquele momento;
      Continuará em 1ª Coríntios 15: 52 e 1ª Tessalonicenses 4: 13 a 18:
      Terminará em Apocalipse 20: 5 e 6 quando acontecerá a Ressurreição no final da Grande Tribulação para os Mártires, com a afirmação de Bem Aventurado aquele que tem parte na 1ª Ressurreição, bem como, com a conclusão que os outros mortos não reviveram até que os Mil anos se acabaram;
      Quem já ressuscitou e quem vai ressuscitar ou não é um mistério, quando acontecer Arrebatamento;
      Fica claro que houve um critério para os mortos que Ressuscitaram em Mateus 27: 52 e 53;
      Fica claro que existe um critério para a Ressurreição dos Salvos até o Final do Período da Graça para os que morreram neste Período ( 1ª Coríntios 15: 52 );
      Leia Apocalipse 20: 1 a 6 e veja qual o critério dos que Ressuscitarão no final da Grande Tribulação;
      Mexe com o meu Discernimento a afirmação de Apocalipse 20: 5 e 6:
      20: 5 = Mas os outros mortos não reviveram, até que os 1000 anos se acabaram. Esta é a primeira Ressurreição;
      “os outros mortos não reviveram” = como está se referindo a Ressurreição, só pode tratar-se de pessoas que morreram em Cristo e que ficarão esperando terminar o Milênio, enigmaticamente e misteriosamente;
      20: 6 = Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte: mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com Ele mil anos.
      sobre estes não tem poder a segunda morte: mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com Ele mil anos.
      Entendeu a diferença entre ser um ressuscitado ?
      Onir

Post A Comment

redtape sex indianclips4u.com hot sexy bf movie
pornhub select hindihdporn.net aunty xnxx.com
telugu xxxsex xxxfiretube.com saree aunty xnxx
50 sal indianpussyporn.com neha porn
toto4d fuckhindi.com tamil old lady sex
hindi xxx porn indian-xxx.org xnxx tamil office
hindi bp video open indianfuck.org xxx haryani
cfnm video hindisextube.org sexvidiohd
indean xxx bananocams.com tamanna hot fb
mumbai girl xxx video apacams.com xossiop
shemale india indianpornfree.com pornhubdesi
vidieo xxx freepakistaniporn.com red wap
sexv xxxhindiporn.net bilue film
bollywood sexy hd video hindisexyporn.com xnxx kerala.com
ditya bhande pakistanixxxmovie.com saxy moive