Assuntos Polêmicos da Bíblia | REFLEXÕES PROVERBIAIS
16083
post-template-default,single,single-post,postid-16083,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-16.7,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive
 

REFLEXÕES PROVERBIAIS

REFLEXÕES PROVERBIAIS

–   A Vaidade é uma “fera” que habita o interior de Pessoas; sua fome e sua sede são insaciáveis.

–   O Cristão vaidoso é como uma “Fera raivosa”; faz muito alarde e espanta as Pessoas.

–   O maior Patrimônio que alguém pode obter está em Jesus Cristo. Tanto é que basta uma pequena parcela dEle para enriquecer a vida de alguém.

–   A sinceridade dignifica o Homem, mas há Verdades que a razão procura desconhecer.

–   Se não se pode dizer para alguém os seus defeitos, não os diga a outrem.

–   Dizer os defeitos de alguém longe de sua presença é como acrescentar mais um ao próprio.

–   Os Planos de Deus e o Tempo estão no mesmo Caminho, nada pode detê-los.

–   Os Planos de Deus são Eternos, logo, o Tempo não é obstáculo para sua Execução.

–   O Corpo está sujeito a gravidade, mas o Espírito não está, e em consequência, pode alcançar as Alturas.

–   O Homem em vida carnal jamais poderá alcançar os limites do Universo, mas após a morte ele atravessa os seus limites instantaneamente.

–  A maior tristeza para quem consegue enxergar é ver tanta gente que pode e não quer olhar;

–  Quanto a Visão Espiritual, o Mundo possui três tipos de Pessoas: Os cegos; os que enxergam; e os que não querem olhar Jesus;

  • O aspecto de qualquer forma de Pecado surge como um “perfume agradável” e “gosto de mel”, mas o seu final “cheira mal” e “amarga como fel”.

– A maior Virtude de um Cristão é tocar nas Pessoas, com Sabedoria, Justiça e Amor, fazendo, simplesmente, que elas se toquem na Edificação Espiritual.

– O valor do Soldado de Cristo só é conhecido no fragor da Batalha. Nos Exercícios apenas, esta avaliação não é real.

– A coisa mais importante nesta vida é agradar a Deus, e só se agrada a Deus quando se age por Amor em tudo o que se faz.

– É preciso saber discernir: ser instrumento nas mãos de Deus e ser instrumento nas mãos dos Homens:

– Ser instrumento nas mãos de Deus é ver além das fronteiras;

– Ser instrumento nas mãos dos Homens é ter fronteiras para não ver.

– Vencer na Vida é o objetivo de todo o Homem. Infelizmente poucos são os que entendem que vencer na Vida é não entrar na Morte (João 8: 51).

– A Vida é uma realidade que poderá nunca se extinguir.

– A Morte é um Mistério que não dá para discernir.

– Na Vida Espiritual cada Cristão que alcança um “grau de visão”, passa ser uma “lente” para um Próximo. É através de alguém mais Espiritual que outro menos Espiritual consegue “enxergar” à frente.

Entretanto, se alguém muito, Espiritual, quiser dar uma visão Espiritual na sua total dimensão a outro muito, muito menos Espiritual, fará com que esse nada consiga “enxergar”. É como colocar uma “lente” com um “grau” muito superior ao necessário.

– Nada pode esconder uma Luz quando não se pode apagá-la, e, apagar ou destruir uma Luz necessária, é querer mergulhar na Escuridão.

Valente, não é aquele que dá “murro em ponta de faca” e nem pisa em “ninho de cobras” ; Covarde, não é o que mede e recua ante a adversidade; mas Homem é aquele que sabe o momento que precisa dar “murro em ponta de faca” , pisar em “ninho de cobras”, recuar ou simplesmente absorver. (Esperar)

– Levar a Sério o Ofício diante de Deus e a Palavra de Deus, tem sido o cuidado de Poucos, pois não é o que está absolutamente certo, mas o que está “dando certo”, o pensamento de Muitos.

– Deixar de colocar a Providência Divina (Cristo) em tudo o que se faz, é como estar num quarto escuro e não querer acender a Luz.

Onir Francisco Damas

 

onir
contato@assuntospolemicosdabiblia.com
No Comments

Post A Comment

Content Protected Using Blog Protector By: PcDrome. & GeekyCube.